Pesquisa mostra que amantes são prioridade no Dia dos Namorados

0

Os casais apaixonados provavelmente vão passar o Dia dos Namorados juntos, com o romance no ar. Mas segundo uma pesquisa, é bom abrir o olho, já que o amante se tornou uma prioridade maior para aqueles que mantém mais de um relacionamento.

Veja também:   Os reais motivos que levam mulheres a trair seus parceiros, segundo a ciência

O estudo foi encomendado pelo Ashley Madison, um dos sites de relacionamento extraconjugal mais populares da internet. E os dados mostram que, literalmente, nem tudo são flores: 40% das pessoas que participaram da pesquisa afirmam que preferem passar o Dia dos Namorados com seus amantes.

Isabella Mise, diretora de comunicações do Ashley Madison, explica o que há de tão diferente nesse número. “Normalmente, feriados e ocasiões especiais são reservados para o cônjuge, e o parceiro extraconjugal é deixado de lado”, disse, em referência especialmente ao Dia dos Namorados.

Outro número que chama a atenção é a quantidade de dinheiro gasto em presentes para o parceiro oficial e o amante. A pesquisa mostrou que em torno de 40% das pessoas, número parecido com o anterior, gasta exatamente a mesma quantia média em presentes para o “oficial” e o “outro”. O valor fica entre 100 e 150 reais.

De uma forma geral, os dados mostram que cada vez mais as pessoas estão dando importância igual para os relacionamentos oficiais e não oficiais. Muita gente vai ficar com a pulga atrás da orelha agora por causa disso, sem dúvida.

Igual, só que diferente

Mas nem tudo é a mesma coisa para quem vive em mais de um relacionamento. As diferenças existem e podem ser até mesmo mais impressionantes do que as semelhanças. Uma delas diz respeito aos valores gastos em presentes e encontros: os maiores valores são gastos na comemoração com os amantes.

Outra diferença existe na forma de comemorar o Dia dos Namorados. 45% dos que vão passar a data com o amante prefere fazer sexo, enquanto 57% dos que ficam com o namorado vão apenas jantar em comemoração. O romantismo não está tão morto assim no final das contas.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com