Por medo de câncer, União Europeia pretende restringir tatuagens

0

A União Europeia pretende restringir o uso de 4 mil produtos químicos que são usados em tintas de tatuagens. Os países membros da UE vão votar o plano em decorrência do temor de que essas substâncias possam causar câncer.

As restrições propostas foram discutidas pelos comitês da Agência Europeia de Produtos Químicos (ECHA) em junho deste anoO Reino Unido não participará da votação, já que não fará mais parte da União Europeia a partir de março de 2019.

A composição de algumas tintas de tatuagem e maquiagem permanente levanta preocupações para a saúde pública. Além de alergias causadas pelas substâncias contidas nas tintas, há uma preocupação de que possam alterar o DNA, prejudicar a reprodução humana e colaborar para o desenvolvimento de câncer.

As autoridades argumentam que não existe regulamentação de produção e as tintas possuem alguns metais perigosos. Em 2016, a ECHA reportou que algumas tintas usadas na pele são tóxicas e podem causar problemas de saúde por anos.

Nenhuma ligação direta foi feita entre o desenvolvimento de câncer e tatuagens. Mas o relatório descobriu uma ligação entre a dermatite e a tinta vermelha, devido ao alto teor de sulfureto de mercúrio do produto.

No mesmo documento, a entidade informou que a tinta vermelha é tida como a mais perigosa, mas não detalhou o porquê.

Tatuagens duram para sempre com ajuda do sistema imune; entenda

Veja também:   Submarino argentino afundado com 44 pessoas é encontrado após 1 ano

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com