Projeto HAARP: manipulação climática ou arma geofísica?

0

O projeto HAARP, do governo dos Estados Unidos, é um dos principais combustíveis de teorias de conspiração atualmente, mas o que exatamente ele é? Oficialmente, trata-se apenas de um programa financiado pelo governo para monitorar o clima e prever furacões e outros fenômenos meteorológicos que podem afetar a população, mas há quem diga que existe muito mais por trás das antenas.

Intitulado oficialmente Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência, o HAARP envolve as forças armadas americanas e a Universidade do Alaska. Ele é descrito como um programa de monitoramento e segurança, mas os teóricos da conspiração acreditam que o sistema faz muito mais do que apenas monitorar. O sistema seria capaz de causar alterações meteorológicas controladas, podendo ser usado inclusive como arma.

De fato, o sistema conta com instrumentos capazes de causar alterações temporárias na camada da ionosfera, onde seriam programados os fenômenos climáticos. Os parlamentos da Europa e da Rússia chegaram a estudar documentos que afirmavam que o HAARP era de fato uma arma geofísica dos Estados Unidos, mas o governo americano sempre negou a informação.

O projeto operou entre 1993 e 2015, quando deixou de ter participação do governo dos Estados Unidos, ao menos de forma oficial. O local onde as antenas estão instaladas, que conta também com radares e outros instrumentos, está sob administração apenas da Universidade do Alaska, mas desde então parece ter sido deixado de lado, inclusive pela mídia.

Fábrica de catástrofes

Segundo as teorias da conspiração, o HAARP poderia causar alterações na ionosfera de modo a fabricar fenômenos climáticos que iriam de secas e chuvas extremas até furacões. Há quem diga ainda que o sistema poderia operar a nível terrestre, causando terremotos, por exemplo. Os mais exaltados chegam a falar em controle mental.

Veja também:   Sabia que o fogovivo de Game of Thrones existiu de verdade? Entenda

Entre os eventos que teriam sido provocados pelo HAARP segundo as teorias estão o terremoto do Haiti em 2010, que devastou boa parte do país caribenho, até estiagens dentro dos Estados Unidos, sem falar de inúmeros furacões e tufões nos oceanos Atlântico e Pacífico.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com