Um único raio matou 16 pessoas enquanto elas faziam selfies

0

Dezesseis pessoas foram mortas por um único raio na cidade de Jaipur, localizada na região norte da Índia.

Outras pessoas ficaram feridas por conta da descarga elétrica, que caiu em uma construção histórica, na qual 27 pessoas faziam selfies e tiravam fotos durante uma chuva muito forte. Segundo as autoridades, a grande maioria dos mortos era jovem, o que causou ainda mais comoção.

O raio caiu no Forte de Amber, uma fortaleza histórica construída no século XII em Jaipur. As descargas elétricas têm feito muitas vítimas no estado do Rajastão, onde a cidade fica localizada, com mais 9 mortes tendo sido relatadas nos últimos dias.

Mortes por raio são comuns

Em média, cerca de 2 mil pessoas morrem na Índia todos os anos em decorrência da queda de raios durante tempestades elétricas.

A região norte do país, onde ficam também os estados de Uttar Pradesh e Madhya Pradesh, é a mais assolada pelas descargas.

Especialistas acreditam que as mortes por raio sejam mais frequentes nessa região porque muitas pessoas trabalham no campo, ao ar livre, e possuem o hábito de se abrigar das chuvas debaixo de árvores, o que nunca é aconselhável durante as tempestades.

O governo indiano, por meio do primeiro-ministro Narendra Modi, anunciou que as famílias das vítimas serão indenizadas financeiramente.

O mês de julho é apenas o meio da chamada temporada das monções na Índia, onde as chuvas fortes são praticamente diárias e bastante localizadas.

Aquecimento global – sempre ele

Desde a década de 60, quando as autoridades indianas começaram a contabilizar os acidentes e mortes causadas por quedas de raio, houve um aumento variando entre 30 e 40% nos óbitos.

Os cientistas acreditam que os raios se tornaram mais frequentes por conta das mudanças climáticas nos últimos anos, causadas pelo aquecimento global.

Esse aumento tem sido acentuado desde a década de 90, com recordes históricos sendo batidos. Em 2018, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, quase 37 mil raios foram contabilizados em um período de apenas 13 horas.



Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com