Maior raio da história pode ter caído no Rio Grande do Sul

0

O Brasil é um país bem propício a tempestades de raios e podemos ter alcançado um recorde. O maior raio da história pode ter caído no Rio Grande do Sul.

Atualmente, o recorde pertence a um caso dos Estados Unidos, mas parece que os pampas entraram na disputa para ganhar, com um raio, ou melhor, um conjunto de relâmpagos, que teria alcançado pelo menos 670 quilômetros.

Desde a década de 50, sabe-se que os raios podem vir de várias altitudes e, no caso de grandes tempestades, representam apenas parte de uma grande descarga elétrica, que pode ter quilômetros de extensão.

O primeiro “sprite”, como são chamados esses clarões, foi registrado em 2007, no estado americano de Oklahoma. Ele teve incríveis 321 quilômetros, mas já foi superado.

Com aproximadamente 500 quilômetros, um raio que caiu no Texas, em 2017, está sob análise da Organização Meteorológica Mundial e é dado pelos americanos como o maior raio da história.

Seria, se não fosse um fenômeno observado no estado do Rio Grande do Sul em 2018.

A descarga elétrica teria alcançado 673 quilômetros, aproximadamente, em um clarão que durou 7 segundos e pôde ser visto em um raio de 100 mil quilômetros quadrados.

Agora a Organização Meteorológica Mundial estuda os fenômenos brasileiro e americano, mas tudo indica que o nosso país vai trazer mais essa para casa. Afinal, somos referência no assunto.

Brasil, o país dos raios

Não é surpresa que o maior raio da história tenha caído justamente naquele que é considerado o país onde mais caem raios em todo o mundo.

Veja também:   John Wayne Gacy: a história do palhaço que inspirou Pennywise, de It: A Coisa

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisa e Estatística (Inpe), só entre os anos de 2010 e 2016, fomos agraciados com cerca de 78 milhões de descargas elétricas.

2012, o ano em que todos achavam que o mundo ia acabar, foi o mais produtivo, com mais de 94 milhões de raios. Assim fica fácil acreditar no apocalipse.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com