Teias criadas por aranhas alimentadas com grafeno são super resistentes

0

As teias de aranha já são fortes o suficiente para segurar os pequenos insetos que tiveram o azar de voar para dentro delas. Mas surpreendentemente, em breve, elas podem até ser capazes de sustentar o peso de uma pessoa.

Em um novo estudo publicado na revista 2D Materials, Nicola Pugno, da Universidade de Trento, na Itália, e a sua equipe, detalham como eles aprimoraram o já impressionante processo metabólico dos aracnídeos, adicionando grafeno e nanotubos de carbono à água potável consumida por uma aranha.

Depois disso, a aranha produziu sua seda como normalmente faria, mas a seda foi cinco vezes mais forte, fazendo ela ser semelhante ao que vemos nas fibras puras de carbono e Kevlar – os materiais mais fortes na Terra.

“Nós já sabemos que existem biominerais presentes nas matrizes de proteínas e nos tecidos duros de insetos, o que lhes dá alta resistência e dureza em suas mandíbulas e dentes, por exemplo”, disse Pugno ao The Sydney Morning Herald.

“Então, nosso estudo analisou se as propriedades da seda das teias de aranha poderiam ser ‘aprimoradas’ ao incorporar artificialmente vários nanomateriais diferentes, nas estruturas de proteínas biológicas da seda”.

A teia aprimorada ainda está nas primeiras fases da pesquisa, e os resultados de Pugno foram derivados de apenas uma pequena quantidade de seda de aranha. Por enquanto, são necessários mais testes.

Se tudo acontecer como o esperado, a pesquisa poderia eventualmente levar a milhões de aranhas aprimoradas, produzindo teias que podem ser usadas para fazer pára-quedas, cordas, cabos e muito mais.

E essas são apenas algumas das aplicações potenciais desta pesquisa. Pugno acredita que a seda poderia eventualmente ser aplicada em criaturas além das aranhas.

“Este processo de integração natural de reforços em materiais estruturais biológicos também pode ser aplicado a outros animais e plantas, levando a uma nova classe de ‘bionicompositos’ para aplicações inovadoras”, afirmou.

Independentemente de onde o trabalho de Pugno nos levará, ele fornece mais um exemplo da versatilidade do grafeno. Somente no último mês, o material foi usado para fazer tatuagens de rastreamento de saúde, construir elásticos de borracha inquebráveis e fazer com que os elétrons fluam como água.

O super material agora está oferecendo para as criaturas vivas algo que, sem dúvida, são super habilidades; quem sabe o que poderia vir a seguir?

ScienceAlert



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com