Viajar gera mais felicidade que casamento e filhos, revela pesquisa

0

O hábito de viajar nunca esteve tão em alta. Em uma pesquisa feita pelo site booking.com, com 17 mil pessoas de 17 diferentes países, planejar e viajar de férias está a frente de grandes eventos da vida, como casamentos e até mesmo ter um filho.

Viajar ficou a frente de eventos como casamento (49%), um encontro romântico (51%), noivado (45%) e o nascimento de um filho (29%). Reflexos de uma sociedade em transformação, não é mesmo?

Outros dados

viajar-02

Outro dado curioso é que 70% das pessoas se consideram mais felizes viajando do que adquirindo bens materiais. 56% dos entrevistados garantiram que preferem ir a outras cidades ou países do que comprar roupas, joias e acessórios. Além disso, 48% afirmaram que guardariam dinheiro para uma viagem ao invés de usá-lo para um reforma na casa, por exemplo.

  Quem tira selfies em viagens guarda mais lembranças, diz estudo

Shawn Achor, estudioso especializado na área de felicidade, garante que em um mundo corrido e materialista como o atual, muitas pessoas querem ver retorno sobre o que gastam e pagam. E nada melhor que uma viagem para isso. “Em um mundo onde cada centavo e cada segundo contam, viajantes nunca buscaram tanto retorno sobre seus investimentos. Por que usar suas férias para gastar dinheiro e para ficar mais estressado e menos feliz?”, disse.

Planejamento é importante

viajar-aviao-03

Shawn Achor também afirma que uma viagem bem organizada, em que tudo dá certo no final, faz com que nossos níveis de felicidade aumentem consideravelmente, independente do tipo e da duração. E por consequência, retornamos ao trabalho mais dispostos e alegres.

  Viagem no tempo e teletransporte já existem

“Isto está ligado à minha última pesquisa publicada na revista Harvard Business Review indicando que, se suas férias forem bem planejadas e tiverem baixo nível de estresse, há 94% de chance de que você volte a trabalhar com níveis mais altos de energia, comprometimento e felicidade”, disse Achor.

Texto por Augusto Ikeda, edição por Igor Miranda.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com