Vórtice polar: entenda o que está causando a onda de frio nos EUA

0

Enquanto boa parte do Brasil ferve com um verão severo, os Estados Unidos vivem a maior onda de frio dos últimos 34 anos. O culpado? O chamado vórtice polar, fenômeno que afeta algumas partes do país ironicamente devido a uma massa de ar quente, levando as temperaturas para muito longe do 0 grau e causando muitos problemas, incluindo mortes.

A onda de frio vem afetando principalmente a região mais ao norte do país, em estados como Illinois e Minnesota. No primeiro, a cidade de Chicago tem enfrentado temperaturas de até 34 graus negativos, levando a trocadilhos onde a cidade é chamada de “Chibéria”, em comparação à Sibéria, conhecida região da Rússia onde o frio é extremo. O recorde de temperatura baixa até agora é da cidade de Ponsford, no Minnesota e seus 54 graus negativos.

O culpado por tudo isso é o chamado vórtice polar, fenômeno que quase sempre dá as caras no inverno norte-americano, mas não de forma tão impactante. Acontece que uma massa de ar quente vinda do longínquo Marrocos acabou deformando a massa de ar frio do polo norte, fazendo com que ela se expandisse mais para o sul, atravessando o Canadá e pegando boa parte dos Estados Unidos.

O vórtice polar foi responsável pela onda de frio em 2004 nos Estados Unidos, além de registros de temperaturas muito baixas nas décadas de 80 e 90, mas raramente ele vem com tanta força quanto nesse início de 2019.

Entrando numa fria

A onda de frio desse ano já registrou 12 mortes e tem afetado milhões de pessoas direta ou indiretamente. Nos estados de Illinois, Minnesota, Indiana, Michigan, Ohio, Pensilvânia e Wisconsin, os correios simplesmente não estão funcionando e até serviços como transplantes de órgãos e sangue estão sendo prejudicados pelo simples fato de que os materiais não conseguem chegar aos seus destinos.

Veja também:   Data Limite: Chico Xavier previu os desastres de 2019? Entenda

Na “Chibéria”, as linhas ferroviárias estão sendo aquecidas com fogo, literalmente, para que os trilhos não acabem trincando ou a linha fique bloqueada por gelo, como podemos ver nas imagens a seguir. O frio deve ficar mais ameno ao longo da semana, mas o alívio é temporário, com as temperaturas muito baixas voltando já no próximo fim de semana.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com