5 coisas que você não sabia sobre comer sushi

2

Que o habito de comer sushi se tornou comum no mundo todo ninguém pode negar. Pensando nisso, listamos 5 curiosidades desse alimento da culinária milenar japonesa.

Os ingredientes mais diversos têm sido utilizados para fazer esse prato, que vem sofrendo adaptações de acordo com cada país. Mas, iremos falar aqui do tradicional sushi japonês. Confira:

sushi

1

A Origem

Você sabia que a origem do sushi está ligada a uma antiga técnica japonesa de conservação para o peixe durar mais utilizando o arroz avinagrado?

No século VIII, o peixe era salgado e o arroz era colocado por cima para ajudar na conversação, mas quando o peixe iria ser preparado o arroz era descartado.

O consumo do arroz juntamente com o peixe do jeito que conhecemos só deixou de ser um método de conservação e passou a ser um alimento nos últimos dois séculos, há aproximadamente 200 anos.

O arroz utilizado para o sushi não é um arroz comum, pois é cozido e depois misturado com sal, açúcar e vinagre especial de arroz, que devem ser dosados adequadamente.

2

Nem Sempre Foi o Salmão

Mesmo que você esteja habituado a comer sushi, talvez você não saiba que o salmão, o elemento mais popular da composição deste prato, só passou a fazer parte da receita na década de 1980, quando os noruegueses levaram o peixe ao Japão.

Diferente do que muitos acreditam, o ingrediente principal do sushi, não é o salmão, mas sim o arroz.

3

Um Fast Food do Japão

4

Modo de Fazer e Consumir

Você deve achar que todos os japoneses sabem fazer sushi e fazem em suas casa, não é? Pois se engana! No Japão, não há o hábito de se fazer esse alimento em casa, os japoneses acreditam que apenas um chefe especialista é capaz de fazer esse prato com qualidade.

Fazer o sushi exige muita técnica e habilidade, já que eles devem ser preparados rapidamente. Caso isso não ocorra, o calor das mãos interfere na forma e no sabor do alimento.

5

Alimento Saudável

O sushi é um alimento que oferece muitos benefícios para a saúde. O salmão possui pouca gordura saturada, e é rico em ômega-3, que previne doenças cardiovasculares e a degeneração celular. Dessa forma, você pode comer essa comida sem culpa!

Na década de 1980, o alimento se popularizou nos Estados Unidos por ser uma opção de alimento saudável. Nesta época, restaurantes japoneses tomaram as cidades. Foi o chamado “sushi boom”; que hoje também ocorre no Brasil.

Discussion2 Comentários

  1. O certo seria usar as mãos, mas a maioria dos japoneses come mesmo é com os hashis como na foto acima. Agora nos restaurantes mais tradicionais dedicados ao sushi ( não os fast foods ) onde os preparam e servem na sua frente a etiqueta é usar as mãos mesmo, mas ninguém vai te crucificar se usar o hashi.
    Independente do tipo de restaurante vai estar presente o shoga gari ( pronuncia-se “chooga gári” ) a conserva de gengibre cortado fininho, não é acompanhamento, é para comer entre um tipo de sushi e outro para limpar o paladar.
    No Japão deixar os hashis espetados na comida ( é relacionado com a morte e feito em ritos religiosos ) e apontá-los para uma pessoa com eles nas mãos são considerados falta de educação.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com