As variações mais curiosas de esportes tradicionais

0

Praticamente todo mundo tem um esporte favorito pelo qual costuma torcer e acompanhar os resultados das partidas que o seu time do coração disputa. Entretanto, de vez em quando é legal descobrir esportes novos e é melhor ainda quando eles são baseados nos que já conhecemos e adoramos.

Pensando nisto, aqui vai uma seleção das variações mais incríveis dos esportes tradicionais. Ela inclui desde versões mais rápidas e fáceis de aprender até modalidades extremas e desafiadoras de esportes que normalmente são considerados mais tranquilos.

Futebol no pântano

Foto: Uwe_Meyer/CC BY-SA 3.0
Foto: Uwe_Meyer/CC BY-SA 3.0

Criado na longínqua e tradicional Finlândia para melhorar a força e a resistências dos atletas, o futebol no pântano rapidamente se tornou um passatempo adorado por alguns dos atletas mais animados do país.

O esporte é basicamente uma versão do futebol normal praticado em pântanos e outros locais cheios de terra molhada e lama. Devido ao terreno, as partidas são mais lentas, há muito mais quedas e literalmente todos os atletas, independente da vitória ou derrota, ficam completamente sujos no final.

Longe de ser um esporte de nicho, existem aproximadamente 300 times deste esporte ao redor do mundo e os principais deles disputam anualmente uma Copa do Mundo de Futebol no Pântano.

Por tomar emprestado elementos do futebol e do futsal, o futebol de rua já foi considerado simplesmente como uma versão informal de ambos os esportes. Entretanto, nos últimos anos a modalidade se desenvolveu tanto que já é considerada como um esporte independente.

  6 temperos letais que estão na sua cozinha

Além do passo muito mais rápido e do alto nível técnico dos dribles tradicionais do meio, a facilidade para sua prática foi um dos principais motivos para a popularização do esporte. A modalidade é tão popular ao redor do mundo que há anos países como Alemanha, Argentina, Brasil, Chile e EUA disputam um campeonato mundial.

Outro fator que demonstra o grande apreço pelo esporte é o fato de que ele já deu origem a pelo menos quatro jogos incríveis para os principais consoles, com o último tendo sido lançado em 2012.

Xadrez do terceiro milênio

Foto: 3MChess/Divulgação
Foto: 3MChess/Divulgação

O complicado xadrez do terceiro milênio é uma versão avançada do famoso esporte de estratégia. O esporte é praticado em um tabuleiro que fica envolto num cilindro, no qual as peças podem se movimentar para qualquer um dos lados.

Para aumentar ainda mais a complexidade desta versão, os atletas podem mover seus cavaleiros em conjunto. Estas peças podem tanto estar juntos no mesmo quadrado quanto separadas para movimento independente, o que dá origem a toda uma nova gama de movimentos e estratégias dentro do esporte.

Já falamos sobre o boxadrez em uma lista dos esportes mais bizarros da terra, mas é impossível deixar de mencioná-lo por aqui. O esporte consiste em rodadas alternadas de boxe e xadrez e vence o competidor que conseguir um nocaute ou um xeque-mate.

  As 7 namoradas mais psicopatas de todos os tempos

O esporte, que pode ser encarado como uma combinação praticamente perfeita entre corpo e mente, cresceu em popularidade nos últimos anos, mas ainda conta com aproximadamente 2000 praticantes ao redor do mundo.

Entretanto, isto não é um impeditivo para os entusiastas e há diversas competições ao redor do globo. Uma das principais é a Intellectual Fight Club, que reúne diversos fãs e atletas amadores nos Estados Unidos para várias rodadas do esporte híbrido.

Omaha e poker chinês

Foto: Fabian Grubler/Divulgação
Foto: Fabian Grubler/Divulgação

Nas últimas duas décadas, o poker se tornou um dos esportes mais populares ao redor do mundo. A modalidade Texas Hold’em foi a principal responsável por esta popularização e ainda é a modalidade mais praticada. Apesar disso, ainda existem diversas outras que vêm conquistando cada vez mais espaço, como a Omaha e o poker chinês.

À primeira vista, a Omaha parece ser muito parecida com a Texas, mas ela tem diferenças interessantes. Ambos são esportes com cartas comunitárias, mas a principal diferença é que na Omaha cada atleta recebe quatro cartas, das quais apenas duas devem ser combinadas com as três da mesa para formar uma mão de cinco cartas.

Esta mudança pode parecer simples, mas as duas cartas extras que cada competidor recebe aumentam de maneira exponencial a quantidade de mãos que podem ser formadas. Este fator extra de imprevisibilidade costuma aumentar muito o drama e a tensão ligados ao esporte.

  Buraco na camada de ozônio está voltando e ninguém sabe o motivo

Mesmo que ainda seja um pouco incomum no Brasil, uma das variações mais populares do esporte é o rápido poker chinês. Este modo apareceu pela primeira vez na World Series of Poker (WSOP) em 1995 e cresceu em importância desde então.

Esta versão é muito mais rápida, pois diferentemente do poker tradicional, não existem apostas ou blefes. Cada competidor recebe 13 cartas e organiza a mão em duas combinações de cinco cartas e uma de três. Depois disto, os atletas simplesmente comparam suas mãos para descobrir quem é o vencedor de uma determinada rodada.

A velocidade maior desta modalidade tem atraído muitos entusiastas ao redor do mundo, incluindo celebridades. Uma delas é o nadador olímpico Michael Phelps, responsável por quebrar diversos recordes, que já foi visto praticando o esporte antes de uma das suas disputas na água.

Caiaque polo

Foto: Tuomo Sainio/CC BY-SA 3.0
Foto: Tuomo Sainio/CC BY-SA 3.0

Com partidas emocionantes e uma alta dose de estratégia envolvida em cada jogada, nos últimos anos o caiaque polo se tornou uma das variações mais inusitadas dos esportes a caiu no gosto popular.

Assim como o polo tradicional, os atletas se dividem em equipes em um esporte tático no qual as posições e estratégias dos membros são tão importantes quanto seu porte físico. Entretanto, no lugar de cavalos, os atletas utilizam caiaques e pás mais leves e manobráveis que foram especificamente projetados com esta modalidade em mente.

  Dinossauros: veja 6 mitos que precisam ser quebrados sobre eles

O esporte conta com campeonatos mundiais realizados a cada dois anos e é muito popular no Brasil e a seleção nacional é a atual hexacampeã do Pan-Americano.

Headis

Foto: Karl Bachmann/CC BY-SA 3.0 DE
Foto: Karl Bachmann/CC BY-SA 3.0 DE

Já imaginou o que daria a mistura entre futebol e tênis de mesa? O alemão René Wegner pensou durante muito tempo nisto e acabou surgindo o headis. Neste esporte híbrido, duas pessoas se enfrentam em uma mesa muito parecida com a de pingue-pongue, na qual usam a cabeça para movimentar uma bola de maneira que o adversário não consiga rebater.

O esporte foi criado há menos de uma década, mas já se espalhou por diversas universidades e países ao redor do mundo. Toda esta popularidade fez com que surgissem diversos atletas de elite, como o famoso “Headi Potter”.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com