Avião da Chapecoense cai e gera a maior tragédia do futebol brasileiro

0

O avião que levava o time de futebol Chapecoense para a cidade de Medellín, na Colômbia, caiu, na madrugada desta terça-feira (29). A aeronave caiu na Colômbia, após uma pane elétrica.

Eram 77 pessoas a bordo, sendo nove tripulantes e os demais, passageiros. Foram confirmadas as mortes de 71 pessoas, incluindo atletas, jornalistas, dirigentes e comissários.

Veja também: 8 momentos históricos da Chapecoense no futebol

O avião era um British Aerospace 146, gerenciado pela companhia boliviana Lamia. Ele teria desaparecido do radar e feito um pouso forçado, devido a uma falha elétrica, em Cerro Gordo, nas proximidades da cidade de La Unión.

Veja também:   7 a 1 acontecia há dois anos; veja 10 curiosidades sobre o 'Mineiraço'

Fontes locais dizem que a aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto decidiu arriscar o pouso antes. Ele teria, inclusive, esvaziado os tanques de combustível para evitar uma explosão.

Chapecoense vivia auge

A Chapecoense vivia o maior momento de sua história. A aeronave levava a equipe para Medellín, onde o time de Chapecó (SC) disputaria as finais da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na noite de quarta-feira (30).

Seria a primeira final de um campeonato continental que a Chapecoense disputaria. O time existe desde 1973 e, nos últimos sete anos, saiu da série D do Campeonato Brasileiro para cravar sua permanência na primeira divisão, a elite do futebol nacional.

Sobreviventes

Seis pessoas que estavam no avião sobreviveram. Três são jogadores da Chapecoense: o lateral esquerdo Alan Ruschel, o zagueiro Neto e o goleiro Jackson Follmann. O jornalista Rafael Henzel, a comissária de bordo Ximena Suarez e o membro da tripulação Erwin Tumiri também foram resgatados com vida.

Veja também:   7 curiosidades sobre o lendário Muhammad Ali

Os demais morreram. Todo restante do elenco da Chapecoense, além de profissionais de imprensa, integrantes da delegação da equipe e convidados, faleceram, incluindo o ex-jogador e ex-técnico Mário Sérgio, da Fox Sports, e o técnico e ex-jogador Caio Júnior. O goleiro Danilo foi resgatado com vida, mas faleceu horas depois.

Com informações de Agência Brasil

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com