Buraco na atmosfera feito por foguete da SpaceX pode prejudicar GPS

1

Os foguetes da SpaceX têm deslumbrado o mundo com o próximo passo dado na corrida espacial. Só que um deles pode ter causado um problema que pode prejudicar o funcionamento do sistema de GPS na Terra.

Quem descobriu isso foi o pesquisador Min-Yang Chou, da Universidade Nacional Cheng Kung, em Taiwan. Segundo ele, o foguete modelo Falcon 9, lançado em 2017 para colocar em órbita o satélite Formosat-5, causou um buraco na ionosfera, camada da atmosfera por onde circulam ondas de rádio e outras redes de informação, como o GPS.

A equipe de pesquisadores explica que o que causou o dano na camada foi a trajetória do voo do foguete. “Para facilitar o lançamento do Formosat-5 até sua altitude de órbita operacional, de mais ou menos 900 quilômetros, o Falcon 9 fez uma ascensão inicial íngreme. Durante o voo, o foguete supersônico induziu ondas acústicas de choque circulares gigantescas sobre o oeste dos Estados Unidos, aproximadamente 5 minutos após o lançamento”, explicam os cientistas.

Por enquanto, os únicos danos esperados são em relação ao sistema de GPS, mas a SpaceX deve mudar o sistema de lançamento de seus foguetes, para não causar mais nenhum problema desse tipo.

Os foguetes da SpaceX

Veja também:   Governo do Brasil busca parceria com SpaceX e Boeing para foguetes

A companhia de Elon Musk está realmente dando o próximo passo em relação à exploração espacial, especialmente agora que a Nasa está operando em menor intensidade por motivos financeiros.

Além do Falcon 9, a SpaceX desenvolveu o Falcon Heavy, foguete mais potente já construído, que levou ao espaço um carro elétrico Roadster, fabricado pela Tesla, mais uma das empresas de Musk. O Roadster continua no espaço, orbitando ao redor do Sol.

Além da potência absurda, outra inovação do Falcon Heavy foram os propulsores, que ao invés de serem descartados, agora aterrissaram em locais previstos pela SpaceX, podendo ser reaproveitados e minimizando o risco de acidentes com quedas de destroços espaciais.



Discussion1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com