China estaria tentando criar ‘supersoldados’, segundo inteligência dos EUA

0

O governo da China estaria realizando testes com humanos para criar “supersoldados”, no melhor estilo Capitão América. É o que diz o chefe da inteligência dos Estados Unidos.

John Ratcliffe, diretor da Inteligência Nacional americana, fez a afirmação durante uma entrevista para a rede de TV Fox News, o que causou uma grande repercussão, como era de se esperar.

Ratcliffe, que alguns dias antes já tinha dito ao The Wall Street Journal que a China representa uma ameaça a segurança dos Estados Unidos, detalhou a natureza dessa ameaça à Fox News.

De acordo com ele, a inteligência do governo americano tem informações de que a China estaria desenvolvendo sua própria versão do que seria um “supersoldado”.

Curiosamente, essa não é a primeira vez que esse assunto aparece na mídia americana e parece estar ganhando um nível razoável de credibilidade.

Em 2019, a emissora NBC fez uma reportagem sobre um estudo científico feito por dois acadêmicos que mostra o interesse da China em tecnologias de manipulação genética, principalmente na ferramenta CRISPR.

Recentemente, o país esteve envolvido em uma polêmica científica envolvendo manipulação genética, com a criação do possível primeiro bebê geneticamente modificado do mundo.

O caso acabou caindo no esquecimento e veio a público com informações imprecisas, mas certamente indica que há estudos nessa área acontecendo na China, o que pode mostrar que as afirmações de Ratcliffe não são necessariamente falsas.

Capitão China?

A ideia de um “supersoldado” parece sair de um filme de ficção ou história em quadrinhos. A comparação mais óbvia é com o Capitão América, da Marvel, um soldado dos Estados Unidos que recebe um soro que aumenta sua capacidade física, tornando-o o primeiro supersoldado americano.

Logo, os soviéticos criariam sua versão da arma, no herói conhecido como Guardião Vermelho.

No entanto, a ideia de soldados com “superpoderes” não é exatamente nova e também existe nos EUA. O governo americano trabalha com a possibilidade de um futuro onde seus soldados utilizariam o suporte de peças eletrônicas no corpo, transformando-os basicamente em ciborgues.

Nesse caso, a comparação mais próxima seria com o herói Ciborgue, da Liga da Justiça, do universo DC.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com