Cientistas descobrem como transformar tipos de sangue A e B em O

0

Bancos de sangue em todo o mundo vivem sofrendo com falta de tipos específicos de sangue, mas isso pode estar prestes a acabar. Cientistas descobriram um meio de transformar o sangue tipo A ou B em tipo O, que é o tipo que pode ser recebido por qualquer pessoa, independente do tipo de sangue que possui.

A transfusão de sangue precisa sempre ser feita entre pessoas com o mesmo tipo sanguíneo, para que o sistema imunológico não interfira na adaptação. Dessa forma, temos os tipos A e B, que podem doar para alguém com tipo AB, que aceita as duas “configurações”, mas que só pode doar para pessoas que também sejam AB. A e B não podem doar entre si e é aí que entra o tipo O, que funciona como um coringa, podendo ser doado para qualquer pessoa.

Acontece que o tipo O, que seria o mais interessante para os bancos de sangue, sempre está em falta, mas um estudo da Universidade de British Columbia, no Canadá, está prestes a mudar isso. Os cientistas conseguiram transformar sangue A e B em O, eliminando os chamados açúcares antígenos, elementos que diferenciam os tipos sanguíneos e que não existem no O, sendo isso que o torna um doador universal.

Digerindo as diferenças

O processo de transformação foi descoberto em um local mais próximo do que o esperado, dentro do corpo humano. Bactérias presentes no intestino e responsáveis por digerir alguns tipos de açúcar foram testadas nos tais açúcares antígenos e os resultados foram mais do que efeitos. Sem eles, qualquer fluido sanguíneo pode ser considerado tipo O, passando despercebido pelo sistema imunológico.

O pesquisador Stephen Withers comemora a descoberta. “Claro que ainda temos que passar por vários testes clínicos, para garantir que não vai haver nenhum tipo de consequência adversa, mas tudo isso parece bem promissor”, afirmou.



Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com