32 curiosidades sobre o Natal ao redor do mundo

0

O Natal é simplesmente uma das datas de maior comemoração entre os cristãos. Além de representar o Nascimento de Cristo, a data é marcada por símbolos que foram inseridos na história ao longo dos anos, como a árvore, as renas, o Papai Noel e outros ícones da data festiva.

natal

Confira essa lista bastante curiosa e festiva sobre o Natal

 

O famoso nariz vermelho
Alguns cientistas noruegueses têm a hipótese de que o nariz vermelho de Rudolph (a rena) é, provavelmente, uma infecção parasitária do seu sistema respiratório.
Não eram árvores de verdade
As primeiras árvores de Natal foram feitas pelos alemães. Elas eram artificiais e feitas com penas de ganso tingidas.
Haja FedEx
Todos os anos, só nos Estados Unidos, são enviados mais de 3 bilhões de cartões natalinos.
Afinal, dia 25 não dá né?
De acordo dados analisados a partir de postagens no Facebook, as duas semanas que antecedem o Natal são alguns dos momentos mais populares para a separação de casais. E o próprio dia comemorativo é o menos favorito para as separações.
Eu até imagino a festa
A data para comemoração do Natal, 25 de dezembro, veio quando em 350 d.C., o papa Júlio I proclamou o dia oficial para a comemoração do nascimento de Cristo.
Você só conhece o vermelho
As três cores tradicionais do Natal são, vermelho, verde e o ouro. O vermelho representa o sangue de Cristo, o verde, o símbolo da vida e do renascimento, e o ouro, a luz e as riquezas.
Crenças e suas histórias
As taxas de suicídio são mais altas durante a primavera, e não no Natal, como dizem algumas crenças populares.
Acho que um gigante perdeu a meia
A maior meia de Natal do mundo foi feita em 2007 pela Sociedade de Crianças em Londres. Ela media 32,56 metros de comprimento, 14,97 metros de largura e pesava mais do que 5 renas. Tinha ao todo quase 1.000 presentes.
Há muito tempo, numa terra muito muito distante…
As tradicionais árvores de Natal são vendidas nos Estados Unidos desde 1850.
Antes da maioridade
As Árvores de Natal crescem em torno de 15 anos, antes de serem vendidas.
Papai Noel vê espíritos?
Muitos países acreditavam que aqueles elfos do Papai Noel, como são conhecidos hoje, eram espíritos bons e maus que vagavam durante o Natal. Só ficaram conhecidos como elfos após Thomas Nast (1840-1902), ter ilustrado “A Noite Antes do Natal”, de Clement C. Moore (1779-1863).
Ninguém conhece essa Missa
Os bolivianos celebram a Missa do Galo toda véspera de Natal. Um gesto que simboliza a crença de que um galo foi o primeiro animal a anunciar o nascimento de Jesus.
A notícia lá deve ter chegado primeiro
O estado do Alabama, nos Estados Unidos, foi o primeiro a reconhecer o Natal, em 1836.
Meio tarde…
A data comemorativa não havia sido declarada como feriado oficial nos Estados Unidos até 26 de junho de 1870.
Mais tarde ainda…
O estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, foi o último a decretar o Natal como feriado. Isso ocorreu em 1907.
Adoraram demais
Os Evergreens, ou as famosas árvores coníferas do Natal (da palavra inglesa antiga, aefie significa “sempre” e gowan significa “crescer”) são símbolos do renascimento e da vida eterna desde os tempos antigos. O uso constante da árvore como adoração, a transformou nesse símbolo enfeitado do Natal.
Até pra punir o Natal envolve dinheiro
Os puritanos da América proibiram a celebração do Natal entre 1659-1681 com uma pena de cinco xelins (tipo de moeda) por cada ofensa. Isso, porque eles viram o Natal como uma festa católica decadente.
Nada de decoração
Tanto o avezinho (associado ao princípio masculino) como a hera (o feminino), e outras decorações verdes na casa foram proibidos pelo Conselho Cristão no sexto século em Braga. Por causa de suas associações pagãs.
Viu? Não é certeza
A verdadeira data do nascimento de Cristo é incerta. A festa do Natal tem suas origens em festivais pagãos como Saturnalia (17 de dezembro até o dia 23), Kalends (1 de janeiro até dia 5, o precursor dos Doze Dias de Natal) e o Aniversário do Sol (25 de Dezembro). A igreja cristã desaprovou todas essas datas, estabelecendo o 25 de dezembro como a data universal do nascimento de Jesus.
São Nicolau
O famoso Papai Noel é baseado em uma figura real. São Nikolas de Myra (conhecido também como São Nicolau de esmirna) viveu durante o quarto século. Nascido em Patara, atual Turquia, ele é o santo não-bíblico mais popular do mundo, e os artistas o retratam com mais frequência quanto qualquer outro santo, exceto Maria.
Ele não era tão bonzinho assim
As ilustrações atuais não mostram a figura real de São Nicolau. Na verdade, ele era um símbolo de punição e disciplina, bastante severo.
Papai Noel entra em ação
A verdadeira história das meias natalinas veio de três irmãs que eram muito pobres para pagar um dote de casamento e estavam, portanto, condenadas a passar a vida na prostituição. Elas foram salvas quando São Nicolau (o Papai Noel) entrou por sua chaminé e encheu suas meias com de moedas de ouro.
Odin, pai de todos
O deus viking Odin é o precursor do atual Papai Noel. Segundo a lenda, ele montava seu cavalo voador Sleipnir (precursor da rena) de 8 patas e saía distribuindo, no Inverno, presentes e punições para as crianças. Ele enchia as botas delas com guloseimas.
Pior disputa que existe
Existe duas reivindicações para saber qual foi o primeiro presidente a colocar uma Árvore de Natal na Casa Branca. Alguns estudiosos dizem que foi o presidente Franklin Pierce em 1856, já outros dizem que foi Benjamin Harrison em 1889.
Pelo menos não foi no país todo
O presidente ambientalista Teddy Roosevelt proibiu, em 1901, árvores de Natal na Casa Branca.
Para uma canção natalina? Tá mais que ótimo
Estima-se atualmente que o single “White Christmas” da Irving Berlin é o mais vendido da história, com mais de 100 milhões de vendas em todo o mundo.
Poucas árvores
Atualmente, existem cerca de 21.000 fazendas de Árvores de Natal só nos Estados Unidos. Quase 45 milhões de árvores foram plantadas em 2008, somando-se aos mais de 400 milhões já existentes.
Origens da decoração
A primeira pessoa a decorar uma árvore de Natal foi o protestante Martinho Lutero (1483-1546). Segundo conta a lenda, ele ficou tão emocionado com a beleza de algumas estrela no céu, que trouxe uma árvore perene para casa e a decorou com velas para compartilhar a imagem com seus filhos.
Primeira selfie
A primeira referência impressa de uma Árvore de Natal surgiu em 1531, na Alemanha.
Madeeeeeiraaa
Cerca de 30 a 35 milhões de Árvores de Natal (reais) são vendidas todos os anos nos Estados Unidos.
Merry Xmas
O Natal é uma festa que tem contração da “Missa de Cristo”, que é derivada do Antigo Inglês Cristes mæsse (que foi gravado pela primeira vez em 1038). A abreviação “Xmas” vêm sendo utilizada desde meados de 1500. A letra “X” em grego é a primeira letra do nome “Cristo”, por isso, a abreviação é tão utilizada.
Selo de garantia natalino
O selo de Natal foi emitido pela primeira vez nos Estados Unidos, em 1962.
Veja também:   Santos Dumont ou Irmãos Wright: afinal, quem inventou o avião?

 

FONTE



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com