Conjunção de Júpiter e Saturno: o que é e como observar o fenômeno

0

Esta segunda-feira (21) não marcou apenas o solstício de verão aqui no Hemisfério Sul: à noite, poderemos observar a conjunção de Júpiter e Saturno no céu, fenômeno raro em que os dois planetas estarão alinhados e que poderá ser visto a olho nu.

A conjunção de Júpiter e Saturno poderá ser vista a partir do pôr do sol desta segunda e começa a partir das 18h57. Considerando uma pessoa em Brasília, os dois planetas devem aparecer próximos a 24º acima do horizonte e devem permanecer no céu até 20h46.

O fenômeno poderá ser visto de quase todos os lugares da terra e a olho nu. No entanto, é importante ressaltar que sua visibilidade dependerá das condições climáticas.

Se você tiver um telescópio ou binóculo, ainda conseguirá ver os anéis de Saturno e os cinturões de Júpiter, já que os dois planetas também estarão bem próximos da Terra.

O alinhamento de Júpiter e Saturno começou no dia 16 de dezembro, atingirá o ápice nesta segunda-feira e terminará no dia de Natal.

Justamente por conta da proximidade com a data, desta vez, o fenômeno também foi apelidado de “Estrela de Natal.

Fenômeno raro

A última vez em que Júpiter e Saturno, os dois maiores planetas do nosso Sistema Solar, estiveram tão próximos foi há quase 400 anos: mais precisamente em 1623.

Se considerarmos as mesmas condições desta segunda-feira, o fenômeno mais semelhante ocorreu em 1226, há quase 800 anos. 

Ou seja: esse é um fenômeno pra lá de raro.

Segundo astrônomos, a raridade é explicada pelo próprio movimento dos dois planetas: enquanto que a Terra leva um ano para dar um volta no Sol, Júpiter leva 12 anos, e Saturno, 30 anos, em valores aproximados.

O astrônomo Patrick Hartigan, da Universidade de Rice, nos Estados Unidos, explicou que outro oportunidade como esse ocorrerá apenas de 15 de março de 2080. 

Depois dessa data, Júpiter e Saturno só voltarão a se alinhar após o ano de 2400.



Dicas para observar a conjunção de Júpiter e Saturno

  • Os dois planetas estarão alinhados na direção sudoeste
  • Júpiter estará à esquerda e será maior e mais brilhante, além de apresentar um brilho esbranquiçado. Já Saturno estará à direita e terá um brilho alaranjado
  • Procure um local, de preferência, com baixa luminosidade, que seja aberto e não tenha árvores e prédios nas proximidades. Claro, também torça para o céu estar limpo, sem a presença de nuvens
  • Caso esteja com dificuldades de observar o fenômeno, uma opção é conferir a transmissão ao vivo que será realizada pelo Planetário Rubens de Azevedo, que fica no Ceará.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com