29 deliciosas curiosidades sobre o chocolate

0

O chocolate é, sem dúvidas, um dos mais deliciosos doces que existe (se não for o melhor, claro). Desde muitos e muitos anos atrás ele é usado para os mais devidos fins, propriamente comer, e até cerimônias religiosas. Confira a lista de 29 curiosidades sobre o chocolate.

curiosidades sobre o chocolate

Confira 29 deliciosas curiosidades sobre o chocolate

 

A poesia do chocolate
O poeta português Fernando Pessoa escreveu certa vez: “Não há metafísica na terra como o chocolate”.
A primeira barra
A empresa inglesa de chocolate Cadbury fez a primeira barra de chocolate do mundo em 1842.
Xarope de chocolate no filme
No filme Psicose, Alfred Hitchcock usou xarope de chocolate Bosco para o sangue na famosa cena do chuveiro.
A maioria na África
Embora o cacau tenha origem na América Central e do Sul há mais de 4.000 anos, agora aproximadamente 70% do cacau do mundo é cultivado na África. A Costa do Marfim é o maior produtor de cacau, fornecendo cerca de 40% da oferta mundial.
Prefira vinho tinto
Champanhe e vinho espumante são muito ácidos para irem bem com chocolate amargo. Vinho tinto geralmente o complementa melhor.
Aquele delicioso chocolate
A Hershey’s produz mais de 70 milhões de Kisses de chocolate – todos os dias.
Útil apenas durante 25 anos
As árvores de cacau podem viver até os 200 anos de idade, mas produzem os frutos de cacau comercializáveis por apenas 25 anos.
A Linha do Equador e o cacau
Quase todos os cacaueiros crescem dentro de 20 graus da Linha do Equador, e 75% crescem dentro de 8 graus de cada lado dela. As árvores de cacau crescem em três regiões principais: África Ocidental, América do Sul e Central, e Sudeste Asiático/Oceania.
Frutos e mais frutos
Cada cacaueiro pode produzir cerca de 2.500 frutos. É preciso que uma árvore dessa tenha de quatro a cinco anos para produzir seus primeiros cacaus.
Obviamente
Aproximadamente 70% dos quase US$ 500 milhões gastos em doces durante a semana que antecede a Páscoa é para o chocolate.
A dependência do cacau
O chocolate evoluiu para uma indústria tão maciça que entre 40 e 50 milhões de pessoas dependem do cacau para o seu sustento. Mais de 3,8 milhões de toneladas de frutos do cacau são produzidas por ano.
O “alimento dos deuses”
O chocolate tem sido tradicionalmente associado a propriedades mágicas, medicinais e míticas. De fato, em latim, os cacaueiros são chamados Theobroma Cacao, ou “alimento dos deuses”.
Os primeiros na colheita
As primeiras pessoas a colherem o chocolate foram os Mokaya e outros povos pré-olmecas que viveram no sudeste do México por volta de 1000 a.C. A palavra “chocolate” é derivada da palavra xocolatl, ou “água amarga”.
Boa substituição
A FDA (órgão do governo norte-americano responsável pelo controle dos alimentos) está debatendo uma proposta para permitir que os fabricantes de doces substituam o óleo vegetal pela tradicional manteiga de cacau.
Um chocolate benéfico
O chocolate amargo tem se mostrado benéfico para a saúde humana, mas o chocolate ao leite, o chocolate branco e outras variedades não são. Para o chocolate amargo ser benéfico, o licor do cacau ou do chocolate deve ser o primeiro ingrediente listado, não o açúcar.
A expansão do chocolate
Uma vez reservado para a elite, o chocolate tornou-se disponível para todos devido aos avanços tecnológicos da Revolução Industrial. No entanto, como o chocolate tornou-se cada vez mais popular na Europa e na América, milhares de pessoas foram usadas como escravos para produzirem o cacau.
O primeiro chocolate ao leite
Em 1875, o suíço Daniel Peter descobriu uma maneira de misturar o leite condensado, fabricado por seu amigo Henri Nestlé, com o chocolate para criar o primeiro chocolate ao leite.
A origem do conchamento
Em 1879, o suíço Rodolphe Lindt descobriu o conchamento, um processo essencial para refinar o chocolate. Ele descobriu por acidente quando o seu assistente deixou uma máquina funcionar durante a noite toda.
Pode comer sem medo
Os pesquisadores não encontraram nenhuma ligação entre a acne e o chocolate. De fato, os pesquisadores alemães sugerem que os flavonoides no chocolate absorvem a luz UV, o que ajuda a proteger e aumentar o fluxo sanguíneo para a pele, melhorando sua aparência.
Existe algo melhor que um relógio de chocolate?
O maior relógio de cuco feito de chocolate pode ser encontrado na Alemanha.
Os benefícios do chocolate amargo
A pesquisa sugere que o chocolate amargo estimula a memória, a atenção, o tempo de reação e as habilidades de resolução de problemas ao aumentar o fluxo de sangue para o cérebro. Estudos também descobriram que o chocolate amargo pode melhorar a capacidade de ver em situações de baixo contraste (como mau tempo) e promover a baixar a pressão arterial, o que tem efeitos positivos sobre os níveis de colesterol, função plaquetária e sensibilidade à insulina.
Chocolate ao longo da história
Os maias usavam chocolate nos batismos e nas cerimônias de casamento. Foi usado também às vezes no lugar do sangue durante cerimônias. Imperadores maias foram muitas vezes enterrados com jarros de chocolate ao seu lado.
Pode ser que ele volte
De acordo com a lenda asteca, o deus Quetzalcóatl trouxe o cacau para a terra, mas foi expulso do céu por dar aos seres humanos. Como ele fugiu, prometeu voltar um dia como um “homem barbudo de pele clara para salvar a terra.”
O forastero e o criollo
Noventa por cento do cacau moderno é feito a partir de um tipo de cacau chamado forastero (estrangeiro). No entanto, antes dos anos 1800, o cacau era de um tipo chamado criollo. Mesmo que o forastero não tenha um gosto tão bom quanto o criollo, é mais fácil de crescer.
Companheiro para os deprimidos
As pessoas que se sentem deprimidas comem cerca de 55% mais chocolate do que seus colegas não deprimidos.
A expansão na Europa
A propagação do chocolate da Espanha em toda a Europa começou no século XVI com a expulsão dos judeus da Espanha e de Portugal durante a Inquisição. Alguns judeus que saíram da Espanha trouxeram consigo os segredos do país no processamento do chocolate.
Atração nazista
Os nazistas costumavam utilizar o chocolate para atrair judeus para carros de gado destinados aos campos de concentração.
Os maiores consumidores
O país cujas pessoas comem mais chocolate é a Suíça, com 10 quilos comidos por pessoa a cada ano. Austrália e Irlanda seguem com 9 e 8 quilos por pessoa, respectivamente. O Brasil fica um pouco atrás, com 3,5 por pessoa.
Adorando o cacau
O chocolate é tão importante para os fazendeiros de cacau na Indonésia que eles construíram uma estátua de 6 metros de um par de mãos simplesmente segurando uma vagem de cacau.

 

FONTE



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com