Dor nas costas: 8 hábitos que contribuem para que elas apareçam

0

Quem nunca sofreu com qualquer tipo de dor nas costas, que atire a primeira pedra. Esse é um problema que está se tornando crônico não só em nosso país, mas no mundo todo. Segundo um estudo publicado em 2014, quase 10% da população mundial sofre com a dor, e ela já causa mais deficiências que qualquer outra coisa.

Confira abaixo oito hábitos que podem contribuir para o desenvolvimento de dor nas costas, e faça o possível para evitá-los.

1) Não sente por muito tempo

Ficar muito tempo sentado no trabalho, por exemplo, pode contribuir para o problema. De acordo com uma reportagem do canal americano Fox News, sentar aumenta em 40% a pressão na espinha do que ficar em pé. E como muitas pessoas tem o hábito de se debruçarem sobre suas mesas, a dor pode se espalhar para os ombros e quadris.

Isso não significa que você deve ficar se levantando o tempo todo. Para amenizar o problema, incorpore mais movimentos durante seu dia e sempre corrija sua postura quando estiver sentado.

2) Pegar peso de forma incorreta na academia

Pegar peso de forma incorreta durante seu treino na academia pode desenvolver e agravar as dores nas costas. Por exemplo, o levantamento terra, se executado corretamente, ajuda a amenizar as dores. Mas caso seja feito de maneira errada, só pode piorar as coisas.

A postura correta no levantamento terra é manter uma posição neutra enquanto você levanta a barra, e evite criar um arco exagerado. E lembre-se de fazer o mesmo quando colocar o peso novamente no chão.

3) Carregar pesos de maneira desigual

É muito comum ver pessoas carregando mochilas com apenas um dos ombros. Segundo a revista Men’s Health, carregar pesos em apenas um lado forçará os músculos do outro a trabalhar dobrado para resistir às forças rotacionais.

Você pode utilizar vários exercícios para amenizar o problema. Mas o principal é utilizar mochilas de maneira adequada.

4) Ganho de peso

Ganhar peso é outro fator que contribui para desenvolver dor nas costas. O site Everyday Health diz que ter aquela barriguinha faz seu centro de gravidade se mover para frente, o que aumentará a tensão nos músculos das costas.

Isso pode ser um perigo até para quem está ganhando músculos para aumentar o peso. Tome cuidado com seus exercícios na academia e sempre peça orientação de um instrutor.

5) Deitar ou dormir de bruços

Deitar ou dormir de bruços é hábito que irá contribuir para o desenvolvimento e agravamento da dor nas costas. O motivo é que a posição cria um arco exagerado nas costas e até mesmo atrapalha a respiração e circulação sanguínea, segundo o site Medical Daily.

6) Deixar de alongar

Fazer alongamentos nas costas ajuda a amenizar as dores. A razão é que os músculos ficam muito tensos se você não fizer alguns alongamentos em suas costas. Mas também não exagere: alongamentos além do que seu corpo aguenta também podem causar lesões.

7) Fumar

Já sabemos que fumar não é nada bom para a saúde. E, sim, também pode causar dor nas costas. É o que afirmam dois estudos feitos recentemente. O primeiro, publicado no The Spine Journal, acompanhou mais de mil pacientes fumantes por mais de 50 anos, e aqueles que exibiram fatores de risco associados ao desenvolvimento de placas nas artérias, por conta do hábito de fumar, tinham mais chances de desenvolver dor nas costas.

Já o segundo, do Departamento de Fisiologia da Northwestern University, nos Estados Unidos, diz que fumantes estão propensos a desenvolverem dor nas costas por causa da maneira que a fumaça dos cigarros pode afetar o cérebro.

8) Usar calçados incorretos

Por fim, até mesmo os calçados que você usa podem contribuir para o problema. Se você utiliza os mesmos tênis ou chinelos por muito tempo, talvez seja melhor comprar novos. De acordo com o Beth Israel Deaconess Medical Center, calçados sem o suporte adequado podem contribuir facilmente para o desenvolvimento de dor nas costas.

Na próxima vez que comprar um tênis de corrida, por exemplo, não se preocupe com o preço ou suas cores, mas sim se ele é o ideal para seu corpo.

Texto por Augusto Ikeda
Edição por Igor Miranda



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com