Extinção e aliens: os avisos finais de Stephen Hawking para a humanidade

0

O renomado físico britânico Stephen Hawking, uma das mentes mais brilhantes do mundo, faleceu nesta quarta-feira (14), aos 76 anos. O cientista também ficou conhecido por ter sobrevivido à Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) doença degenerativa muscular que afeta o movimento dos músculos, como a fala, respiração e a deglutição.

No entanto, a doença não afeta o cérebro de seu portador, e mesmo confinado a uma cadeira de rodas para o resto de sua vida, Stephen Hawking continuou trabalhando normalmente em suas pesquisas. O físico também ficou conhecido por suas previsões consideradas negativas a respeito do futuro da humanidade, como a extinção da raça humana e a possível aparição de alienígenas hostis.

Independente se você considera esses avisos e alertas de Hawking muito pessimistas ou apenas um sinal de sua enorme sabedoria, confira abaixo os últimos avisos que o físico deu para a humanidade.

1) A humanidade está no caminho do desastre ou das estrelas

De cara, já começaremos com um alerta bem pessimista do físico sobre a humanidade.

“Nós encaramos um número de ameaças: guerra nuclear, aquecimento global e vírus modificados geneticamente. Apesar da chance de um desastre ocorrer no planeta Terra ser muito baixa nos próximos anos, elas só cresce com o passar do tempo, e se tornará uma certeza nos próximos mil ou 10 mil anos”, disse Stephen Hawking.

O cientista já disse, várias vezes, que a humanidade poderá se salvar se procurar outros locais para viver no universo. Mas como acredita que só seremos capazes de fazer isso no próximo século, pediu cautela para a população mundial.

Veja também:   Discalculia: como é a vida de quem não entende matemática

“Nós não conseguiremos criar colônias autosustentáveis no espaço pelo menos nos próximos 100 anos, então precisamos ter cautela neste período”, afirmou.

2) Precisamos nos exercitar mais

Stephen Hawking, claro, ficou famoso por seus trabalhos na física, especialmente a respeito dos buracos negros. Mas também já demostrou preocupação com a crescente onda de obesidade que afeta muitos países do globo.

“Hoje, muitas pessoas morrem de complicações relacionadas ao sobrepeso e obesidade. Nós comemos demais e nos movemos pouco”, disse, em uma propaganda para uma empresa sem fins lucrativos da Suécia.

O anúncio pedia para que as pessoas comessem menos e se exercitassem por, pelo menos, meia hora por dia. Ou no caso de crianças, uma hora.

3) A inteligência artificial irá nos substituir

De acordo com Hawking, o tempo em que nós dominamos este planeta chegará ao fim um dia. E para piorar, o físico acreditava que nós já chegamos a um ponto em que não terá mais volta.

“O gênio já está fora da lâmpada. Tenho medo que a Inteligência Artificial possa substituir os humanos como um todo”, disse, em entrevista para a revista Wired.

Claro, essa é uma preocupação crescente, já que muitas pessoas estão com medo dos computadores roubarem muitos empregos dos humanos e substituir militares em exércitos. É um assunto que ainda há muito o que ser discutido.

4) Aliens podem não ser nossos amigos

Sim, estamos trabalhando para evitar que muitos desses problemas já citados por Hawking, como buscar uma alternativa além da Terra e não deixar que a Inteligência Artificial se sinta superior a nós. Mas com relação a vida fora do nosso planeta, outro objetivo da humanidade, o físico acha melhor continuar a acreditar que estamos sozinhos no espaço, e por um bom motivo.

Veja também:   Sol vermelho e céu cinzento chamam a atenção em todo o Brasil

Sim, Hawking acredita que não estamos só nessa imensidão do universo e até contribuiu para iniciativas que buscam descobrir vida fora de nosso planeta.

“Conforme fui envelhecendo, estou mais convencido do que nunca que não estamos sozinhos. Após uma vida inteira pensando, estou ajudando a liderar esforços para fazer a descoberta”, disse, em seu filme Stephen Hawking’s Favourita Places, lançado em 2016.

Mas o físico sempre teve o medo da possibilidade de descobrirmos alienígenas hostis, principalmente se tiverem uma tecnologia muito superior a nossa.

“Se acontecer (a descoberta de aliens hostis), eles podem ser muito mais poderosos e podem nos enxergar da mesma forma que vemos as bactérias”, alertou o físico.

5) No atual ritmo, estudiosos e especilistas serão extintos

Sim, Hawking nunca usou o termo “extinto”, mas era sua intenção após dizer, em 2017, que “estamos testemunhando uma revolta global contra especialistas.”

Agora que as fake news estão se tornando comuns e corriqueiras, Hawking encorajou a humanindade a sempre escutar os conselhos daqueles que dedicam seu tempo para estudar problemas. O físico disse que as soluções para os questões ambientais e potenciais ameaças da Inteligência Artificial virão a partir da ciência e tecnologia.

E, com certeza, Stephen Hawking cumpriu muito bem o seu papel com relação a essa questão durante toda sua vida.

Fonte: Science Alert

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com