Falar dois idiomas pode causar confusão entre visão e audição, diz estudo

0

Falar mais de um idioma certamente traz uma série de benefícios, mas nem tudo são flores. Um estudo mostrou que pessoas bilíngues podem confundir o que veem e o que ouvem, como uma espécie de confusão de sentidos.

  Linguagem muda como o cérebro percebe passagem do tempo

Esse fenômeno é chamado de Efeito McGurk, em homenagem ao cientista que o descobriu, ainda na década de 70. Ele consiste no fato de que uma pessoa pode ouvir uma palavra ou sílaba ser pronunciada e achar que viu seu interlocutor falar outra coisa. Nesse caso, o cérebro pode interpretar o som ainda como uma terceira informação.

Segundo um estudo da Northwestern University, nos Estados Unidos, pessoas que falam dois ou mais idiomas estão mais propensas a experimentar o Efeito McGurk. Isso acontece porque para aprender outro idioma, muitas vezes as pessoas se apoiam em sinais visuais e não apenas sonoros, já que isso pode facilitar o entendimento.

Além disso, os dois idiomas podem acabar “competindo” no cérebro da pessoa, gerando um conflito sobre qual deles será usado para codificar e decodificar as informações. “Uma pessoa bilíngue e outra monolíngue escutando o mesmo discurso podem ouvir dois sons completamente diferentes, mostrando que a experiência da linguagem afeta até mesmo os processos cognitivos mais básicos”, explica uma das autoras do estudo, Sayuri Hayakawa.

“Pode to be?”

Mas nem tudo é confusão na vida de pessoas que falam dois idiomas. A pesquisa mostrou, por outro lado, que os bilíngues são melhores em integrar os sentidos para compreender as informações ao seu redor.

Por outro lado, essa nova pesquisa corrobora com o antigo estudo que mostrou que pessoas que falam várias línguas podem desenvolver múltiplas personalidade, as vezes até uma para cada um dos idiomas falados.

Estima-se que metade da população mundial se comunique em dois idiomas. No Brasil, os bilíngues chegam a apenas 5%.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com