Holandês nada por 55 horas e seu corpo fica irreconhecível; veja imagens

0

A não ser que você seja um grande fã de natação e acompanhe todos os detalhes do esporte, nunca deve ter ouvido falar do nadador Maarten van der Weijden, um holandês que já ganhou uma medalha de ouro em Olimpíadas e possui uma grande história de vida. E em um desafio recente, ficou 55 horas nadando e seu corpo passou por mudanças que o deixaram irreconhecível.

Maarten van der Weijen sempre nadou desde pequeno e já mostrava ser um grande talento da natação. No entanto, em 2001, com apenas 19 anos, descobriu que tinha leucemia e poucas chances de sobreviver. Mas o nadador holandês conseguiu superar a doença e logou voltou a praticar o esporte que tanto amava apenas dois anos após o diagnóstico.

O nadador disputou os Jogos Olímpicos de 2008 e conquistou a medalha de ouro na prova da maratona aquática de 10 km. Neste mesmo ano, também venceu a prova de 25 km do Mundial de Natação, realizado na cidade espanhola de Sevilha.

Inspirado por sua paixão pelo esporte e sua grande história de vida, van der Weijden decidiu participar de desafios como forma de arrecadar dinheiro para pesquisas voltadas para o câncer após se aposentar profissionalmente.

Por exemplo, em maio de 2017, ele conseguiu nadar quase 100 km em 24 horas e conseguiu arrecadar em torno de 8,5 mil euros para pesquisas.

E no último mês de agosto, o nadador decidiu nadar no trajeto do chamado Elfstedentocht, uma antiga corrida de patinação realizada em rios, canais e lagos que ligam cidades do norte da Holanda. Só que seu corpo foi bastante castigado durante o processo.

Veja também:   Pinóquio errou: nariz diminui quando mentimos, diz estudo

O objetivo do nadador era nadar os 200 km da prova em três dias também para conseguir arrecadar fundos para pesquisas voltadas para o câncer. Maarten foi avisado que alguns trechos que iria percorrer estavam contaminados com a bactéria E. coli e que poderia adoecer por conta disso, mas decidiu seguir adiante.

No entanto, precisou desistir da prova após percorrer 163 km em 55 horas justamente após ficar doente por conta da qualidade da água. E seu corpo sentiu bastante os efeitos da maratona. Como você pode ver nas imagens abaixo,  suas mãos e pés ficaram muito enrugados.

corpo-nadador 1

corpo-nadador 2

corpo-nadador 3

Apesar de seu corpo ter sofrido bastante e da decepção de não ter completado o trajeto, o nadador conseguiu arrecadar 4,3 milhões de euros (em torno de 20 milhões de reais) para pesquisas voltadas para o câncer.

De qualquer forma, as consequências da maratona no corpo do nadador são impressionantes, não é mesmo? Qual será o limite exato do ser humano?



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com