John Wayne Gacy: a história do palhaço que inspirou Pennywise, de It: A Coisa

0

No cinema, o palhaço Pennywise, de It: A Coisa é a personificação do medo de cada uma das crianças de Derry. Mas houve algo muito mais real, que inspirou o escritor Stephen King a colocar a imagem do palhaço no ser sobrenatural de seu livro. John Wayne Gacy era muito pior do que Pennywise jamais será e o único motivo disso é que ele era extremamente real.

Na década de 70, John Wayne Gacy era um homem acima de qualquer suspeita. Empresário bem-sucedido, bom vizinho, membro do comitê local do Partido Democrata. Ele ainda se vestia ocasionalmente como o palhaço Pogo, que divertia as crianças do bairro. Acontece que Gacy foi um dos serial killers mais perigosos de sua época, atraindo adolescentes para sua casa e os matando depois de abusar sexualmente deles.

Teve uma infância complicada ao lado das irmãs e da mãe, que sofriam nas mãos do pai alcoólatra e violento. Foi abusado sexualmente por um amigo da família e teve um coágulo sanguíneo na cabeça após um acidente. Após algumas tentativas de trabalho fracassadas ao ser expulso de cada pelo pai, voltou a se fixar em Chicago, onde enriqueceu com uma empresa de construção civil.

Bem visto por todos os vizinhos, foi preso quando sua casa começou a exalar um cheiro podre, que ele dizia vir de um encanamento entupido que nunca era consertado. A polícia encontrou vários corpos em estado de decomposição no porão da casa e assim começou o julgamento do palhaço assassino.

Veja também:   Muco de enguia pode ser biomaterial importante no futuro; entenda

“Vão para o inferno!”

Gacy teve seu julgamento iniciado em 1980 e nunca colaborou com as investigações, nem mostrou arrependimento dos crimes. Entre 1972 e 1978, matou 33 jovens, mas morreu dizendo que o número era muito maior. Geralmente lhes oferecia drogas e os fazia desmaiar com clorofórmio para então abusar dos adolescentes e matá-los, não necessariamente nessa ordem.

Após o relato de um sobrevivente, foi condenado a receber a injeção letal em 1994. Suas famosas últimas palavras foram “Vão para o inferno! Vocês nunca saberão onde estão os outros corpos”. Stephen King publicou o livro It: A Coisa em 1986, com Gacy ainda preso, e a figura do palhaço Pogo foi crucial no desenvolvimento do terrível Pennywise.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com