Massa de matéria escura pode estar destruindo estrelas, diz estudo

0

Um aglomerado de corpos celestes relativamente próximo da Terra está perdendo estrelas muito rapidamente. E a culpa pode ser da matéria escura, ou de algo relacionado a ela, segundo um novo estudo sobre o tema.

A chamada matéria escura é algo que compõe a maior parte do universo, mas simplesmente não pode ser medida ou detectada como a matéria comum que conhecemos.

O estranho fenômeno está acontecendo no aglomerado das Híades, que fica a aproximadamente 153 anos-luz do nosso Sistema Solar.

De acordo com os pesquisadores, o desaparecimento rápido das estrelas pode ser relacionado a uma estrutura de matéria escura que teria a massa de 10 milhões de sóis. Por sua natureza, o objeto seria impossível de ser detectado.

Muitas das estrelas que estão desaparecendo ou prestes a desaparecer devido à misteriosa estrutura de matéria escura são visíveis a partir da Terra a olho nu, ficando localizadas na proximidade da constelação de Touro. Dessa forma, será possível notar a ausência desses corpos celestes com muita facilidade.

De acordo com Tereza Jerabkova, da Agência Espacial Europeia, as estrelas das Híades estão se movendo de uma forma não prevista pelos modelos que possuímos.

Os cientistas ainda buscam entender o que está forçando esse movimento inesperado, e uma das possíveis explicações é uma “bola” de matéria escura, dotada de grande massa. O objeto seria como um buraco negro, mas de propriedades completamente desconhecidas.

A verdade está aqui dentro

Cerca de 85% do universo conhecido é formado por algo que os cientistas se referem como matéria escura. Trata-se de alguma substância que não interage com nenhum campo magnético, ou com a luz, ou nada detectável, daí o nome.

Acredita-se que esse material seja de extrema importância para a formação e a evolução do universo, como um todo.

Por não poder ser observada por nenhum instrumento humano, a matéria escura é apenas teorizada, mas equações e observação do comportamento de galáxias e outras estruturas sugerem que ela exista.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com