Por que é estupidez enviar humanos para Marte, segundo astronauta

0

Sabemos que um dos grandes objetivos da Nasa para o futuro é enviar o ser humano para Marte, sem contar as diversas sondas que estão por lá para estudar nosso vizinho. No entanto, um famoso e renomado astronauta acredita ser uma verdadeira “estupidez” ir para o planeta vermelho, segundo suas palavras.

O responsável por essa declaração polêmica é o astronauta aposentado Bill Anders, que foi o piloto do módulo lunar Apollo 8, o primeiro voo tripulado por humanos a deixar a órbita da Terra, que ocorreu em dezembro de 1968.

Anders, que atualmente está com 85 anos, disse, em uma entrevista para um documentário que celebra os 50 anos dessa missão, que apoia qualquer programa não tripulado, “principalmente por que eles são muito mais baratos”, mas acredita que não existe apoio público o suficiente para a Nasa bancar missões com astronautas para Marte.

“O que é tão imperativo? O que nos leva a ir até Marte? Eu não acho que o público está tão interessado assim”, disse Anders.

Foto de Bill Anders
Foto de Bill Anders

O ex-astronauta também não deixou de fazer críticas à própria Nasa, pois acredita que a agência espacial americana pouco evoluiu desde que enviou o homem pela primeira vez à Lua em 1969.

“A Nasa não consegue mais ir para a Lua hoje, ela está ossificada. A Nasa se tornou um programa de empregos, muitos dos seus centros estão principalmente interessados em se manter ocupados e você não vê um apoio público que vá além do pagamento dos trabalhadores e o esforços para reeleger membros do congresso”, afirmou.

Anders, por fim, também questionou a decisão da Nasa em focar a exploração da órbita baixa da Terra após a conclusão do programa Apollo, nos anos 70.

“Eu acho que o programa do ônibus espacial foi um erro sério. Ele não fez quase nada a não ser oferecer um lançamento espetacular, mas nunca foi além de sua promessa”, comentou o ex-astronauta.

Anders admitiu que suas declarações não devem ser bem recebidas dentro da Nasa, mas que tudo isso é justamente o que pensa da agência espacial americana.



Veja também:   Menino de 12 anos constrói reator de fusão nuclear dentro de casa

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com