Quantidade de amigos reduzida com a idade não é exclusividade humana

0

Quanto mais velho você fica, menos amigos se tem por perto. Não é verdade?

A socialização humana tem, entre outras peculiaridades, um fato incontestável: as amizades se tornam mais raras ao longo dos anos. A psicologia já provou isso de diferentes formas.

No entanto, um recente estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa com Primatas em Göttingen, na Alemanha, descobriu que essa redução não é algo exclusivo dos seres humanos. Macacos também passam pela mesma experiência.

Os primatas passam por um processo muito parecido em suas conexões “sociais”. Só que isso foi notado a partir de uma característica um pouco diferente.

Os pesquisadores notaram que macacos mais velhos praticavam e recebiam o “grooming” (cuidado com outros indivíduos, como limpeza de pelo e caça a piolhos) com menor frequência. Isso também ocorria em uma quantidade menor de “amigos” e parentes.

Os resultados apontaram que macacos de 25 anos (idade avançada) reduziram o tempo de “grooming” em até 50% quando comparados com adultos de cinco anos. Incrível, não?

O estudo faz uma relação entre o “grooming” dos macacos e o bate-papo humano. Colocar o papo em dia com alguma pessoa de sua admiração ou até mesmo um “carinho” provoca a liberação de endorfina, que traz o bem-estar. Além disso, são interações coletivas – portanto, de certa forma, sociais.

Isolamento é evolutivo

Dessa forma, os pesquisadores passaram a considerar que o isolamento de pessoas mais velhas é algo de caráter evolutivo e não psicológico. Ou seja: essa característica tem sido passada de espécies passadas em diante.

Veja também:   É verdade que utilizamos apenas 10% da capacidade do cérebro?

Antes, imaginava-se que o envelhecimento fosse o causador de tudo isso, em função dos males que pode trazer: mudanças na aparência, limitações físicas, problemas de saúde e afins. Acreditava-se que o ser humano provocava o próprio isolamento por ter algum tipo de receio de interagir em condições diferentes.

Pesquisas recentes já contrariavam essa visão. Uma delas, por exemplo, apontava que o círculo social mais restrito era uma questão opcional, não uma consequência.

Outras correntes acreditam que o estreitamento do círculo social se devia ao fato de que idosos sabem melhor como usar o próprio tempo, bem como outros teóricos imaginam que isso ocorra porque, pela saúde debilitada, pessoas mais velhas não possam suportar estresse – por isso, escolhem os amigos com mais critério.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com