Famoso sinal extraterrestre é finalmente explicado por cientistas

0

Uma equipe de pesquisadores com o Centro de Ciência Planetária (CPS) finalmente resolveu o mistério do sinal “Wow!” de 1977. De acordo com os cientistas, a origem era um cometa ainda desconhecido na época da descoberta do sinal.

O pesquisador principal, Antonio Paris, descreve sua teoria e como a sua equipe provou isso em um artigo publicado no Journal of the Washington Academy of Sciences.

Em agosto de 1977, uma equipe de astrônomos que estudavam transmissões de rádio de um observatório no estado de Ohio chamado “Big Ear” registrou um sinal incomum de 72 segundos – era tão forte que o membro da equipe Jerry Ehman rabiscou “Wow!” ao lado da leitura.

Desde então, numerosos cientistas procuraram uma explicação para o sinal, mas até agora, ninguém tinha conseguido oferecer um argumento válido. Possíveis fontes como asteroides, exoplanetas, estrelas e até mesmo sinais da Terra foram descartados.

Alguns entusiastas fora da comunidade científica sugeriram que o sinal poderia ser uma prova da existência de extraterrestres. Observou-se também que a frequência foi transmitida a 1.420 MHz, porém, que essa é a mesma frequência do hidrogênio.

A explicação começou a se formar no ano passado, quando uma equipe da CPS sugeriu que o sinal poderia ter vindo de uma nuvem de hidrogênio que acompanhava uma cometa – adicionalmente, o movimento do cometa explicaria por que o sinal não foi visto novamente.

A equipe observou que dois cometas haviam passado pela parte do céu que o Big Ear estava monitorando naquele dia específico. Aqueles cometas, P/2008 Y2(Gibbs) e 266/P Christensen ainda não tinham sido descobertos pelos astrônomos.

A equipe então teve a chance de testar sua ideia quando os dois cometas apareceram mais uma vez no céu noturno de novembro de 2016 a fevereiro de 2017.

A equipe relata que os sinais de rádio de 266/P Christensen coincidem com o sinal Wow! detectado há 40 anos. Para verificar seus resultados, eles também testaram leituras de outros cometas e encontraram resultados semelhantes.

Os pesquisadores reconhecem que não podem dizer com certeza absoluta que o sinal Wow! foi gerado pelo cometa 266/P Christensen, mas eles podem afirmar com relativa garantia de que foi gerado por algum cometa semelhante.

  Você poderia sobreviver após uma guerra nuclear?

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com