Voluntário brasileiro de vacina contra Covid-19 de Oxford morre

0

Um médico brasileiro, voluntário dos testes da vacina contra a Covid-19 de Oxford, morreu devido a complicações da doença causada pelo coronavírus.

João Pedro Rodrigues Feitosa, de 28 anos, era um dos voluntários da Universidade de Oxford e do laboratório AstraZeneca, que trabalham em uma das possíveis vacinas que vão ajudar a frear o ritmo de contágio da pandemia.

De acordo com fontes do jornal O Globo, o médico fez parte dos testes para a vacina do Covid-19, no entanto, não teria recebido a dose real dela, e sim o placebo, como é de praxe em testes desse tipo.

Basicamente, os voluntários são divididos em dois grupos, um recebe a dose real e a outra um placebo, o que ajuda a verificar resultados reais.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já foi notificada da ocorrência pelo Conselho Internacional de Segurança que está regulando os testes com as vacinas.

A Universidade de Oxford ainda não confirmou que o brasileiro havia recebido um placebo, mas tudo indica que é exatamente esse o caso.

Os testes devem ser mantidos por enquanto, já que a Anvisa e as agências reguladoras que participam dos testes estão ainda analisando a situação.

Dados de voluntários do mundo todo devem permanecer sigilosos, o que dificulta as investigações, mas o mais provável é que a suspeita de placebo se confirme, além do fato de que João Pedro trabalhava na linha de frente da pandemia.

O médico

João Pedro Rodrigues Feitosa tinha 28 anos e desde março trabalhou na linha de frente da pandemia, cuidando de infectados por covid-19 em hospitais privados e públicos do Rio de Janeiro.

Ele se formou em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2019 e foi homenageado pela instituição.

Ele adoeceu em setembro e o quadro foi lentamente se complicando.

Além do placebo, outras hipóteses para a morte do médico incluem a reação de anticorpos, que também já é conhecida pelos cientistas, ou a vacina simplesmente não ter sido suficiente para impedir que a covid-19 ganhasse força em seu organismo.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com