Cientistas tentam criar anticoncepcional masculino inspirado em drinks

0

Já faz algum tempo que a ciência tenta desenvolver um método anticoncepcional masculino que realmente consiga fazer o efeito desejado. Afinal, as opções que existem até agora não são consideradas muito efetivas. Mas cientistas chineses acabam de buscar uma inspiração inusitada para alcançar esse objetivo: drinks, especialmente aquele coloridos que chamam a atenção.

Quem garante isso são cientistas da Universidade Nanchang, na China. A inspiração veio daqueles drinks que usam ingredientes de diferentes densidades, o que causa um efeito diferente no copo. No caso, o drink em questão se chama “Galaxy”, que é esse aí da foto abaixo e produz até mesmo uma chama.

anticoncepcional masculino-intro

De acordo com Xiolei Wang, um dos cientistas envolvidos neste estudo, a ideia deste novo anticoncepcional masculino é injetar quatro materiais diferentes no canal deferente, que é o responsável por levar o esperma até a uretra do pênis.

Essas camadas seriam compostas pelos seguinte materiais: um hidrogel, que seria uma barreira para a passagem do esperma; nanopartículas de ouro; ácido etilendiaminotetraacético, que é capaz de matar espermatozoides e dilui o hidrogel; e uma nova camada de nanopartículas de ouro.

O segredo no método é que esse hidrogel se solidifica no canal, bem como as nanopartículas de ouro ao atingirem a temperatura de 37 graus. Desta forma, as duas camadas vedam o ácido que mata os espermatozoides.

Esse anticoncepcional masculino teria duração de dois meses e ainda pode ser revertido se o paciente desejar. Para isso, basta aplicar calor por meio de lâmpadas infravermelhas no local, o que faz com que as camadas derretam e o canal deferente seja desbloqueado.

Veja também:   É possível criar um carro movido a água? Como funcionaria?

E o que o drink Galaxy tem a ver com isso? Ele também é composto de algumas camadas, que se derretem com a presença do calor.

Os primeiros testes foram realizados em ratos de laboratório e os resultados foram considerados positivos. Agora, os cientistas dizem que novos estudos precisam ser feitos antes do teste em humanos. E alertam que esse novo anticoncepcional masculino não evita a transmissão de qualquer tipo de Doença Sexualmente Transmissível (DST).



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com