Cientista da Nasa explica declaração sobre aliens já terem visitado a Terra

0

Um cientista da Nasa recentemente veio a público afirmando que acredita que aliens podem ter já visitado a Terra sem ninguém saber. Mas parece que há uma espécie de mal entendido, já que agora o Dr. Silvano Colombano disse que as coisas não são exatamente dessa forma e que a imprensa parece ter colocado as coisas um pouco fora de contexto, além de não tê-lo contatado antes de publicar a informação de forma um tanto quanto sensacionalista.

A notícia é baseada em um artigo no site da Nasa onde Colombano expressa suas opiniões, mas segundo ele, a Fox News, primeiro veículo a divulgar a informação, acabou colocando as coisas de forma errada. “Minha perspectiva era simplesmente de que os fenômenos aéreos não identificados devem ser objeto de estudo sério, mesmo que a chance de identificação de alguma tecnologia alienígena seja muito pequena”, explicou ao Live Science.

Colombano explica que ele realmente acredita na possibilidade de que a Terra já tenha sido visitada por aliens, mas não acha que evidências serão encontradas e nem mesmo acredita exatamente nisso. Sua fala trata apenas de possibilidades e não possui nenhum valor acadêmico, como pode parecer na matéria original da Fox News.

Ele também afirma que a emissora jamais entrou em contato com ele pedindo autorização para a publicação, embora o nome e o email de Colombano tenham sido citados na matéria.

“Achismos”

O cientista ainda aponta o fato de que a Fox News tratou as informações como “uma nova pesquisa”, o que não se aplica ao caso. O texto trata do conteúdo de uma apresentação feita por Colombano para o Instituto SETI, uma organização de cientistas que buscam por sinais de vida extraterrestre pelo universo, geralmente examinando ondas de rádio vindas do espaço.

Veja também:   Conheça a história do adolescente que criou um reator nuclear no quintal

Ele explica que seu artigo é apenas especulativo e tinha como objetivo incentivar os cientistas do SETI a continuarem procurando por sinais de vida e ampliarem sua perspectiva em relação à forma como essa busca acontece, focando menos nas ondas de rádio e prestando atenção em partículas e outros possíveis indícios.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com