Música sertaneja deixa de ser estilo mais ouvido do Brasil

0

Pela primeira vez os astros do forró de teclado passam a ocupar espaços maiores no YouTube que antes pertenciam a música sertaneja, aponta ranking criado em 2018.

Atualmente, o funk e a “pisadinha” estão tomando o topo dos gêneros mais escutados pelos brasileiros de uma forma em que os gigantes do sertanejo, como a cantora Marília Mendonça, deixem de estar entre o top 5 dos favoritos.

De acordo com informações do G1, existem algumas razões para que a música sertaneja perca terreno, como por exemplo: falta de shows presenciais, pouca renovação criativa nas cifras e dependência de “jabá” de rádios.

A verdade é que os cantores sertanejos até tentaram sobreviver com as lives durante o isolamento social, mas sem grandes eventos pelo país não há receita – os artistas caipiras não tinham o costume de apoiar a divulgação musical voltada totalmente aos meios digitais.

Além disso, os brasileiros se cansaram do excesso de transmissões repetitivas de conteúdo e transmissões virtuais quase que iguais há cada quinze dias.

Segundo o dono da Workshow, Wander Oliveira, foi preciso sentar com os grandes artistas do gênero e decidir segurar os lançamentos para um futuro “pós-pandemia”, como forma de trancar os investimentos.

Com essa lacuna se abrindo, ficou muito mais fácil para que os gêneros musicais concorrentes ocupassem novos espaços e ultrapassassem o sertanejo nesse aspecto. Se não houve inovação, corre o risco de cair cada vez mais, “como aconteceu com o pop-rock e o axé”, explica o cantor Guilherme, da dupla Hugo e Guilherme.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com