Nova interpretação do calendário Maia indica fim do mundo neste domingo; entenda

0

Um antigo calendário Maia teria marcado o fim do mundo para 2012, o que, obviamente não aconteceu. Mas parece que erraram a conta em oito anos.

Uma nova teoria conspiratória sugere uma nova interpretação do calendário, que indicaria o fim do mundo para o dia 21 de junho de 2020, mais conhecido como o próximo domingo. Será que, em meio a esse caos todo, agora vai?

A razão para a nova data do fim do mundo é, na verdade, bem simples. Como todos sabem (ou deveriam saber), nos baseamos em um modelo de calendário chamado de gregoriano, criado pelo Papa Gregório XIII em 1582. Antes disso, o calendário mais usado no ocidente era o juliano, proposto por Júlio César, o ditador romano.

O jornal inglês The Sun publicou a uma conta feita por um suposto cientista chamado Paolo Tagaloguin, com base no calendário juliano.

Com isso, a previsão de 2012 estaria errada, oito anos adiantada, com a data certa para o apocalipse sendo o próximo domingo, em meio a uma pandemia extremamente letal e uma série de instabilidades políticas e econômicas em todo o mundo, o que, convenhamos, combina muito mais com o fim do mundo.

Curiosamente, todos os perfis de Tagaloguin em redes sociais, incluindo o Twitter, onde a previsão foi feita, LinkedIn e outros, foram excluídos.

A própria matéria do The Sun também sumiu, deixando a dúvida: seria essa uma infeliz coincidência, ou as pessoas já começaram a preparar e se mudar para os abrigos, bunkers e fortalezas secretas subterrâneas?

“Muita hora nessa calma”

A teoria não deixa de ser interessante, dado o momento em que vivemos, mas felizmente (ou infelizmente?) é pouco consistente.

Primeiro pelo próprio calendário Maia, que trabalha com divisões de tempo muito diferentes das nossas e tem na tal data apenas o fim de um ciclo, como qualquer outro. Seria o equivalente a acreditar que o mundo acaba no fim do ano, da década, ou do século.

Além disso, as contas do desaparecido Tagaloguin também não batem. A data de 2012 foi baseada no calendário gregoriano mesmo, sem nenhuma relação com o juliano, portanto, não faz sentido leva-lo em conta agora.

Os oito anos de diferença também estão errados, já que a diferença entre os dias em cada calendário só foi contabilizada uma vez, assim que o novo modelo foi adotado, e não em todos os anos.

De qualquer forma, é recomendado ficar em casa no próximo domingo, dia 21 de junho, assim como em todos os outros dias.

Não pelo fim do mundo, mas sim para conter a pandemia de coronavírus, essa sim, um risco real a todos. Caso a nova teoria esteja certa, vale a pena saber se haverá alguma “live” do apocalipse para acompanhar de casa.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com