25 invenções de mulheres que mudaram o mundo (e a sua vida)

7

O que seria do homem sem a mulher? O que seriam dos homens sem as mulheres e suas invenções fantásticas?

Sim, as mulheres contribuíram e continuam contribuindo para o avanço tecnológico, na história do mundo, muito mais do que você imagina.

Veja:

1. Cerveja

cerveja mesopotamia mulheres
É isso mesmo a cerveja não foi inventada pelos homens. A cerveja é totalmente uma bebida de meninas. A historiadora de cervejas, Jane Peyton, afirma que as antigas mulheres da Mesopotâmia foram as primeiras a desenvolver, vender e até mesmo beber cerveja. Embora possa ser difícil de definir exatamente quem, há milhares de anos, “inventou” a cerveja que conhecemos e amamos hoje, é seguro dizer que as mulheres antigas em todo o mundo estavam com certeza fermentando alguma coisa. Então, da próxima vez que você levantar um copo, faça um brinde a Ninkasi, a deusa suméria e a cerveja!

2. O Aquecidor de Automóveis

aquecedor carro Margaret A. Wilcox
O primeiro aquecedor de automóveis, que conduzia o ar de cima da máquina para aquecer os dedos dos pés frios dos motoristas aristocráticos do século 19, foi inventado por Margaret A. Wilcox em 1893. Ela também inventou uma maquina de lavar roupas ou pratos, hoje alguém deveria imitá-la, por favor!

3. O Limpador de Pára-brisas

limpador parabrisas Mary Anderson
O primeiro limpador de pára-brisas era operado a partir de uma alavanca manual no interior do veículo. E foi inventado por Mary Anderson em 1903.

4. O Bote Salva-vidas

bote salva vidas Maria Beasely
Um dia, em 1882, Maria Beasely olhou para o mar e .disse: “As pessoas não devem morrer em grandes desastres nos navios no mar. E então ela inventou os botes salva-vidas. Beasely também inventou uma máquina para fazer barris, o que a fez realmente ficar muito rica.

5. O Aquecimento Central

aquecedor central Alice Parker
Toda vez que você se sentir grato por não precisar correr ao redor de sua casa no inverno, para acender a lareira individual de cada comodo, agradeça a Alice Parker, que inventou o sistema de gás-powered, o aquecimento central em 1919. Foi a primeira vez que um inventor utilizou o gás natural para aquecer uma casa própria, e inspirando os sistemas de aquecimento central do futuro.

6. O Jogo Monopólio

monopolio banco imobiliario Elizabeth Magie
Um dos mais famosos jogos de tabuleiro de todos os tempos, responsável por intermináveis horas de diversão familiar, foi inventado por Elizabeth Magie, em 1904, sob o nome original “O Jogo dos Proprietários”. O jogo de Magie foi uma crítica às injustiças do capitalismo sem controle e, de forma irônica, seu jogo se tornou um sucesso quando Charles Darrow roubou sua idéia e vendeu á Parker Brothers, 30 anos depois. Depois de algum tempo a empresa finalmente rastreou Magie e pagou US$ 500 a ela.

7. Escada de Emergência

escada de incendio
Este dispositivo vital, para a segurança pública e para os grandes fumantes, foi inventado em 1887 por Anna Connelly.

8. Os Painéis Solares

Painel Solar Eleanor Raymond Maria Talkes
A física e pioneira de energia solar Dra. Maria Telkes uniu-se com uma senhora durona, a arquiteta Eleanor Raymond, para construir a primeira casa totalmente aquecida por energia solar em 1947.

9. A Seringa

Seringa Letitia Geer
Graças as maravilhas da medicina moderna. Em 1899, Letitia Geer inventou uma seringa médica que podia ser operada com apenas uma das mãos. Lembre-se dela na próxima vez que o seu médico for injetá-lo com apenas uma das mãos.

Veja também:   Alquimistas: quem eram e o que faziam os 'magos cientistas'?

10. A Máquina de Fazer Sorvete

maquina sorvete Nancy Johnson
Nancy Johnson inventou a máquina de fazer sorvetes em 1843, patenteando um design que ainda é usado nos dias atuais, mesmo após o invento das máquinas de sorvete elétricas. Obrigada, Nancy Johnson.

11. A Máquina de Lavar Louça

maquina lavar louça Josephine Cochrane
A máquina de lavar louça mecânica foi inventada em 1886 por Josephine Cochrane. A sua máquina foi destaque na Chicago World Fair em 1893, e foi a base para os modelos que se seguiram.

12. A Fibra Kevlar e o colete Aprova de Balas

colete prova balas Stephanie Kwolek
A química Stephanie Kwolek inventou a fibra Kevlar super-forte, usada para fazer coletes à prova de balas. A invenção de Kwolek é cinco vezes mais forte que o aço, e também tem cerca de 200 outros usos.

13. O software de computador

software computador Grace Murray Hopper
Dra. Grace Murray Hopper, uma almirante da Marinha dos EUA, foi também uma cientista da computação que inventou o COBOL, o primeiro programa de computador de negócios amigável “user-friendly”. Ela também foi a primeira pessoa a usar a expressão “bug” para descrever uma falha em um sistema de computador.

14. O transmissor Wireless (sem fio)

transmissor wireless sem fio Hedy Lamarr
Hedy Lamarr, inventou um sistema de comunicações secretas, durante a Segunda Guerra Mundial, para torpedos controlados por rádio, empregando “salto de frequência”. A tecnológia de Hedy Lamarr foi base para outras tecnologias, desde Wi-Fi à GPS. Ela também passou a ser uma estrela de cinema mundialmente famosa.

15. O Algoritmo de computador

algoritmo computador código Ada Lovelace
Ada Lovelace, foi incentivada por sua mãe cientista desde nova para se tornar uma super campeã da matemática. Lovelace trabalhou com Charles Babbage, na Universidade de Londres, criando juntos, um “motor analítico” (o computador antigo timey) e na sequência desenvolveu uma maneira para programar a máquina com algoritmos matemáticos, se tornando “a primeira programadora de computador”.

16. Invenção do Geobond

Patricia Billings
Imagine um material de construção que é indestrutível, à prova de fogo e não-tóxico. Soa como algo que você encontraria em uma obra de ficção científica, mas na verdade é muito real. A invenção chamada Geobond, foi projetada pela escultora Patricia Billings, enquanto procurava criar um aditivo de cimento para impedir que suas esculturas quebrassem. Depois de anos de experimentação, ela finalmente alcançou seu objetivo, na década de 1970, de fazer um emplastro indestrutível. Logo depois, ela descobriu que o material também era surpreendentemente resistente ao calor, o que abriu a porta para outras aplicações do seu produto. Porque não sendo tóxico, bem como à prova de fogo, foi a primeira substituição viável do mundo para o amianto. Enquanto Patricia Billings, já tinha duas patentes do seu trabalho, ela continuava a manter a receita exata do Geobond, em segredo. A inventora e bisavó espera ver a sua invenção revolucionar a indústria da construção.

17. O Moderno Refrigerador Elétrico

refrigerador eletrico Florence Parpart
Florence Parpart inventou a geladeira elétrica moderna em 1914. Em 1900, Parpart também recebeu uma patente por uma máquina de limpeza de ruas muito eficiente, que ela comercializava e vendia para as cidades em toda a América, porque era incrivelmente eficiente.

18. O Circuito Fechado de Televisão “CCTV”

circuito fechado televisao Marie Van Brittan Brown
O sistema de Marie Van Brittan Brown para a segurança, foi o circuito fechado de televisão, patenteado em 1969, destinava-se a ajudar as pessoas a garantir a sua própria segurança, pois a polícia era lenta ao responder os pedidos de ajuda, em sua vizinhança, New York City. Sua invenção é a base para sistemas de CCTV modernos, usados para segurança em casa e no trabalho da polícia atualmente.

Veja também:   Vibranium: o metal dos filmes da Marvel existe na vida real?

19. O Saco de Papel dos Supermercados

saco papel Margaret Knight
Margaret Knight recebeu a patente de sua máquina que produzia sacos em 1871, após uma longa batalha legal com um colega, Charles Anan, que tentou roubar seu trabalho, argumentando que uma brilhante invenção, não poderia ter sido inventada por uma menina. Esse senhor foi felizmente esquecido pela história. Além disso, quando Margaret tinha 12 anos, ela inventou um dispositivo de segurança para fábricas de algodão que é usado ainda hoje.

20. A Tecnologia das telecomunicações

tecnologia telecomunicacoes Shirley Jackson
A física teórica Dra Shirley Jackson foi a primeira mulher negra a receber um Ph.D. do MIT, em 1973. Enquanto trabalhava na Bell Laboratories, ela realizou uma pesquisa científica que permitiu a outros inventar o fax portátil, o telefone de toque, painéis solares, cabos de fibra óptica, e a tecnologia por trás do identificador de chamadas e chamada em espera.

21. Fraldas Descartáveis

fralda descartavel Marion Donovan
Nascida em Fort Wayne, Indiana, em 1917, Marion Donovan passou a maior parte de sua infância na fábrica dirigida por seu pai e tio, dois inventores.

Anos mais tarde, frustrada com a ingrata tarefa, repetitiva de trocar fraldas de pano sujas de seu filho, ela decidiu criar uma capa de tecido para manter seu bebê seco. Então sentou-se à máquina de costura com uma cortina de chuveiro e, depois de várias tentativas, ela completou uma capa de tecido impermeável. Ao contrário das calças de borracha do bebê que já estavam no mercado, o design de Donovan não causava assaduras e não beliscava a pele da criança. E logo depois a famosa inventora aperfeiçoou sua invenção, recebendo sua patente em 1951, vendendo os direitos para Keko Corporation.

Seu próximo projeto era uma fralda totalmente descartável, para o qual ela teve que formar um tipo especial de papel que era forte, absorvente, mas também permitia que a água ficasse longe da pele do bebê. Donovan levou o produto acabado para cada grande fabricante no país, mas ela não encontrou nenhum comprador. Porém quase uma década depois, em 1961, Victor Mills a chamou para saber de sua nova invenção e acabaram criando a Pampers e com certeza a gratidão de todos os pais em todo o mundo.

22. Liquid Paper

liquid paper Bette Nesmith Graham
Como as máquinas de escrever elétricas entraram em uso generalizado após a Segunda Guerra Mundial, Bette Nesmith Graham e inúmeras outras secretárias soltaram um gemido coletivo. As novas máquinas tornavam a digitação mais fácil, mas suas fitas de película de carbono tornaram impossível a correção dos erros com um lápis borracha, como faziam antes. E por estar cansada de ter que redigitar páginas inteiras por causa de um erro pequeno, Graham determinada a encontrar uma alternativa mais eficiente acaba encontrando a resposta. Ao observar os pintores decorando as janelas bancárias para os feriados, notando que ao invés de remover os seus erros inteiramente, os pintores simplesmente cobriam todas as imperfeições com uma camada adicional de tinta. Assim com pensamento rápido Graham imitou a sua técnica, utilizando uma tinta têmpera branca, à base de água, para cobrir seus erros de digitação. Ela continuou experimentando com a composição da substância, até que ela conseguiu a combinação perfeita para a pintura. O produto refinado foi rebatizado de “Liquid Paper” em 1958 e, em meio a crescente demanda, Graham fez um pedido de patente e marca registrada no mesmo ano. Como resultado desta situação, Graham acabou inventando um dos produtos de escritório mais utilizados do século 20.

Veja também:   Projeção da consciência: o que sabemos das experiências fora do corpo

23. O Transportador Snugli para bebê

carregador bebes Ann Moore
Como enfermeira do Corpo de Paz durante a década de 1960 no Tongo, na África Ocidental, Ann Moore, viu mães africanas fazerem algo que ela achou muito interessante: elas carregavam seus bebês em slings, tecido amarrados firmemente em suas costas. Moore gostava da proximidade entre os bebês e suas mães. E observou como os bebês pareciam calmos, porque eles se sentiam seguros perto de suas mães.

Quando Moore voltou para casa para nos Estados Unidos e decidiu ter seu filho, ela quis carregar seu bebê da mesma maneira. Depois de sua filha Mandela nascer, Moore tentou segurar o bebé nas costas, assim como ela tinha visto na África, mas a criança continuava escorregando. A partir de uma mochila simples e, em seguida, refiná-la às suas necessidades, Moore e sua mãe projetaram um transportador semelhante, utilizado pelas mulheres no Tongo. Juntas, elas criaram um transportador macio e original, para bebês, o Snugli. Depois, também criaram outros tipos de transportes especializados em bebês.

24. Impressora Blissymbol

impressora Rachel Zimmerman
Em meados da década de 1980, uma menina de doze anos de idade desenvolveu uma invenção que ajudou muitas pessoas que têm dificuldade para se comunicar. Rachel Zimmerman, de Ontário, Canadá. Criou um programa de software usando Semantografia: símbolos que permitem pessoas que não falam a se comunicar, tais como aquelas com deficiências físicas graves, como paralisia cerebral.

O usuário do programa se comunica apontando para vários símbolos em uma página ou placa através do uso de uma almofada de toque especial. Quando o usuário toca os símbolos da “Empressora Blissymbol”, ela traduz em uma linguagem escrita. Desta forma, o usuário pode gravar seus pensamentos ou se comunicar via e-mail.

O sistema de comunicação de Zimmerman começou como um projeto de feira de ciências da escola, mas acabou competindo na Exposição Mundial de realização dos jovens inventores, ganhando uma medalha de prata no concurso em todo o Canadá. O programa também ganhou o prémio de mérito YTV Television Youth.

25. Foguetes de sinalização

foguete sinalizacao Martha Coston
A comunicação entre os navios, uma vez limitou-se a bandeiras coloridas, lanternas, e gritos. Martha Coston não teve a ideia para lançar foguetes de sinalização sozinha. Ela encontrou os planos em um notebook que pertencia ao seu falecido marido. A viúva determinada passou 10 anos trabalhando com químicos e especialistas em pirotecnia para tornar a idéia uma realidade.

Discussion7 Comentários

  1. Marcelo Barbosa Da Silva

    O feminismo ensina, ” mude o passado para controlar o futuro” pesquisa os verdadeiros inventores de quase today essa citadas como:
    Alemao water bruch ( CCTV )
    Autraliano jame ( geladeira)
    Suiço harace (aquecedor )
    Marlin e por ai vai…….
    Pior que um Monte de homens Bobo Vai acreditarnas feministas kkkkkkk

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com