A história da jovem que ficou paraplégica por causa de um piercing

2

Uma jovem brasileira ficou paraplégica aos 21 anos, por um motivo que aparentemente não tem nenhuma relação com o problema: um piercing no nariz. Acontece que ao colocar o acessório, Layane Dias pegou uma rara infecção que fez com que ela perdesse os movimentos do corpo da região do tórax para baixo, em um caso extremamente raro para a ciência.

Tudo aconteceu de forma bem rápida. Layane colocou o piercing em julho de 2018 e já fazia um mês desde a aplicação quando ela percebeu um inchaço na ponta do nariz, semelhante a uma espinha, que sumiu uma semana depois. Nos dias seguintes ela começou a sentir fortes dores nas costas, mas achava não ser nada importante. Até que um dia acordou sem conseguir mexer as pernas.

Após dias internada e uma grande dificuldade em diagnosticar o problema, um exame mais detalhado revelou que 500 ml de pus, resultado de uma grava infecção, estava comprimindo as vértebras inferiores, sendo portanto a origem da dor e da falta de movimento nas pernas. Embora uma cirurgia de emergência tenha sido feita, Layane perdeu os movimentos de metade do corpo e tudo isso por causa de um simples piercing no nariz.

Segundo os médicos, a bactéria Staphylococcus aureus foi a responsável pela infecção. Ela costuma se desenvolver nas fossas nasais e o piercing serviu como porta de entrada para todo o organismo de Layane.

O futuro

Agora em uma cadeira de rodas, Layane segue a vida como estudante de Recursos Humanos. O processo todo fez com que ela perdesse um estágio na área, que pretende continuar seguindo. Ela também realizava trabalhos como modelo, o que ficou mais difícil em sua atual condição.

Veja também:   Criptozoologia: 10 animais reais que já foram considerados mitos

A jovem, que já havia colocado outros dois piercings antes, pede também que as pessoas tomem cuidado em relação ao estabelecimento que escolhem para realizar o procedimento, sendo necessário prestar atenção à higiene e aos métodos de esterilização do lugar.



Discussion2 Comentários

  1. Depois quando olhamos indiferente para uma pessoa que usa pirsing ou tatuagens absurdas , somos cotados como ignorantes e retrógrado, só acho que pessoas que fazem isto não são inteligentes.

    • Seu comentário não tem um pingo de inteligência. A questão é ser inteligente em escolher o local adequado para realizar o procedimento, onde tenha material esterilizado. Você dizer que olha diferente pra uma pessoa que usa esse tipo de acessório, é no mínimo preconceituoso. Por favor, se contenha.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com