Mulher é acusada de transformar amante em hambúrguer e servir aos vizinhos

0

Inacreditável! Uma história de um ato de canibalismo pra lá de inusitado chamou a atenção dos internautas recentemente e acabou viralizando nas redes sociais.

A história foi contada em um novo documentário do canal ‘Investigação Discovery’. O filme, intitulado ‘Dead North’, revela o caso de uma mulher chamada Kelly Cochran.

Kelly é suspeita de ter usado os restos mortais de seu amante, Christopher Regan, para fazer um hambúrguer que foi servido aos vizinhos.

Um amigo da mulher participou do documentário e contou que comeu o hambúrguer. Ele disse que, agora, se lembra realmente que o prato tinha um gosto estranho.

Kelly Cochran foi sentenciada à prisão perpétua sem liberdade condicional em maio de 2017, depois que um júri no condado de Iron, Michigan, a condenou pelo assassinato de Regan – que aconteceu três anos antes.

Em abril de 2018, ela foi novamente condenada a 65 anos de prisão. Dessa vez, por matar seu marido, Jason Cochran. Ela confessou à polícia que aplicou uma overdose de heroína nele e o sufocou até a morte.

 



Veja também:   Quanto custa um rim e outros órgãos no mercado negro

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com